Irmã de Confúcio entra na justiça contra Marinha Raupp que pegou R$ 2 milhões do fundo partidário

0
3563
Marinha Raupp pegou a grana quase toda para ela


PORTO VELHO-Além do senador Valdir Raupp (MDB) tentar disputar reeleição sendo investigado pela Lava Jato, a esposa dele, deputada federal Marinha Raupp (MDB), adora uma verba pública. Ela está sendo acusada de abocanhar 85% dos recursos que seriam destinados a todas as mulheres candidatas do partido. O MDB descumpre a resolução do TSE, e do próprio partido, ao não distribuir os 30% do fundo partidário para as candidatas mulheres e o que destinou à menor, ficou concentrado na candidata a reeleição Marinha Raupp, mulher do senador Valdir Raupp, também candidato a reeleição.

Diante disso, a candidata a deputada federal pelo MDB, Claudia Moura, entrou na justiça contra os dirigentes do partido para ter garantido os recursos do fundo partidários que as mulheres candidatas têm direito para custeio das suas campanhas. Segundo os advogados de Claudia Moura, o partido não cumpriu a resolução do TSE de nº 23.568, de 24 de maio de 2018 que determina que pelo menos 30% do fundo partidário, para a campanha eleitoral deste ano, sejam destinados às candidatas mulheres.

No mandato de segurança impetrado junto ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) e Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a assessoria jurídica de Claudia Moura contesta a forma desigual e injusta que o partido trata as mulheres na distribuição dos recursos o que prejudica sensivelmente a campanha de todas as mulheres candidatas do MDB, e privilegia a deputada Marinha Raupp, candidata a reeleição. O que o MDB faz nada mais é que desestimular a participação da mulher na política, na contra mão das lutas por igualdade de gêneros.

Marinha Raupp  fica com 2 milhões e 300 mil reais para campanha; Cláudia com apenas 150 mil

Como se não bastasse a resolução interna do MDB que concentra o montante de 1.500.000,00 (um milhão e quinhentos de reais) para candidatos a deputado federal que já tem mandato, diz os advogados de Claudia, o partido ainda disponibilizou outros 800 mil reais para Marinha Raupp custear sua campanha. Com isso a mulher do senador Valdir Raupp passou a contar com uma conta milionária no valor de R$ 2.300.000,00 (dois milhões e trezentos mil reais), enquanto que Claudia Moura recebeu apenas R$ 150.000 (cento e cinqüenta mil reais).

Indignação eleitores

“Estou indignado com a atitude do casal Marinha Raupp e Valdir Raupp que somente visa benefícios próprios principalmente com o dinheiro público. Raupp e Marinha deveriam pensar mais no povo do que neles próprios. Dessa forma fica cada vez mais difícil a renovação que a política precisa”, disse indignado o técnico em Informática e administrador, Adson Passos Coutinho, morador do bairro Nova Floresta.

De acordo com a assistente social, Elenilda torres, do MDB Mulher “estamos otimistas e perseverante rumo à vitória. Acima de tudo, acreditamos que justiça será feita pelo TSE no sentido de garantir os recursos de forma igualitária a todas as mulheres candidatas pelo partido”.

Ainda na petição, os advogados de Claudia argumentam: “Ocorre excelência, não bastasse a determinação do órgão de direção nacional do MDB no sentido de destinar R$ 1.500.000,00 (um milhão e quinhentos mil reais) aos detentores de mandato à ora citada recebeu mais 500 mil reais da direção nacional, o que totalizou 2 milhões de reais”, diz um trecho da peça.

Além de 2 milhões de reais em conta, de acordo com os advogados, Marinha Raupp foi beneficiada com mais 300 mil reais, conforme ata de reunião realizada pela executiva do diretório estadual do MDB/Rondônia totalizando 2.300.000,00 (dois milhões e trezentos mil reais).

Facebook Comments