Um vídeo que mostra os últimos minutos de vida de uma mulher que foi morta pelo tribunal do crime. A jovem identificada como Adriana Miranda, de 21 anos, foi dada como desaparecida desde de sábado (20/03/2021), e até o momento ainda não tinha sido encontrada. O vídeo consta no final da matéria.

O caso ocorreu na cidade de Igarapé-Miri, que fica localizada no interior do estado do Pará, as imagens da execução que começaram a circular nas redes sociais apontam que Adriana foi morta em uma espécie de acerto de contas feito por integrantes de uma facção criminosa.

Antes de ser executada a jovem aparece nas imagens  tentando explicar algo sobre uma determinada entrega de drogas que parece não ter sido concluída, ela tenta convencer algumas pessoas que não conhecia uma pessoa com o nome identificado como “Didi” e tinha ido em determinado local apenas para deixar uma amiga e logo voltou.

Na continuidade, Adriana estava visivelmente nervosa e aflita afirmando que ela negou fazer a entrega de drogas e revelou que o máximo que poderia fazer era pedir para um motoboy levar a encomenda.

Em seguida um homem pergunta se ela está falando a verdade e ela confirma, na sequência do vídeo é possível ouvir o bandido mandar com que Adriana se sentasse, chorando ela diz que está com muito medo, pede para não morrer e afirma que vai falar a verdade. Segundos antes de morrer ela fala sobre o paradeiro de Didi e é executada de maneira cruel.

Fonte – accesscanal

Facebook Comments