Léo Moraes seria o candidato a vice-governador na chapa de Maurão
 Do G1 RO

Léo Moraes (PTB) – 21%
Dr Mauro Nazif (PSB) – 21%
– Roberto Sobrinho (PT) – 16%
Pimentel (PMDB) – 14%
Dr. Ribamar Araujo (PR) – 7%
Dr Hildon – 4%
Pimenta de Rondônia – 3%
– Branco/nulo – 10%
– Não sabe/não respondeu – 4%

A pesquisa foi encomendada pela Rede Amazônica.

O Ibope ouviu 602 eleitores entre os dias 11 e 15 de setembro. A margem de erro é de quatro pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%, o que quer dizer que, se levarmos em conta a margem de erro de quatro pontos, a probabilidade de o resultado retratar a realidade é de 95%. A pesquisa foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral de Rondônia (TRE-RO) sob o protocolo RO-08770/2016.

Na primeira pesquisa do instituto, divulgada no dia 24 de agosto, Mauro Nazif aparecia com 16% e agora tem 21% das intenções de votos. Já Léo Moraes tinha 16% e agora subiu para 21%. Roberto Sobrinho, que começou com 22%, caiu para 16%. Pimentel, que tinha 10%, agora está com 14%. Já Ribamar Araújo teve queda de 10% para 7%. Dr Hildon tinha 3% das intenções de votos e agora tem 4%. Pimenta de Rondônia permaneceu com 3% nas duas pesquisas.

Pesquisa espontânea
Na pesquisa espontânea, em que os entrevistados são perguntados sobre a intenção de voto sem a apresentação dos nomes dos candidatos, 22% declaram não saber em quem votar, enquanto 19% declaram que pretendem votar em branco ou anular o voto.

O candidato Mauro Nazif é mencionado espontaneamente por 16% dos portovelhenses, Léo Moraes por 14%, Roberto Sobrinho por 12%, Williames Pimentel por 9%, Ribamar Araújo por 4%, Dr Hildon por 3% e Pimenta de Rondônia por 1%.

Avaliação da atual administração
Na mesma pesquisa, os eleitores também responderam sobre a avaliação da administração do prefeito Mauro Nazif. Veja os números:

– Ótima/boa – 12%
– Regular – 34%
– Ruim/péssima – 53%
– Não sabem avaliar – 2%

Segundo o Ibope, 68% dos entrevistados desaprovam a forma como Nazif vem administrando o município; 26% declaram que aprovam. Aqueles que não sabem ou preferem não responder somam 5%.

Facebook Comments