Homem é morto e enterrado em cova rasa em fazenda de distrito de Porto Velho

Um homem foi encontrado morto em uma fazenda da BR-364, no distrito de Nova Mutum Paraná, em Porto Velho, no início desta semana. O registro do caso ocorreu na manhã de quarta-feira (6). Segundo a Polícia Civil, o corpo da vítima, de 52 anos, identificado como Evandro da Silva, foi arrastado por um trator com uma corda amarrada no pé e enterrado em uma cova rasa cavada no local.

O suspeito pelo crime, identificado como Nelson Candido de Lima, ainda de acordo com a corporação, ligou para a sua chefe confessando ter matado o auxiliar de serviços gerais, que trabalhava em uma outra fazenda perto de onde ocorreu o assassinado.

Até a última atualização desta reportagem, a polícia não repassou informações sobre o paradeiro do suspeito.

Segundo o boletim de ocorrência, a chefe do suspeito pelo crime e o dono da fazenda onde a vítima trabalha acionaram a Polícia Militar (PM) alegando que ele, por telefone, confessou ser o autor do assassinato.

O suspeito também revelou à patroa que enterrou o corpo do auxiliar a cerca de 100 metros da casa, sede da fazenda. Após o relato, a PM se deslocou ao local e encontrou um pedaço de corda amarrada em um trator, que estava estacionado na garagem do local, e outro no pé da vítima.

Conforme a polícia, a guarnição então entendeu que, após ser morto, o auxiliar de serviços gerais foi arrastado por pelo trator com uma corda amarrada no pé até a cova improvisada. Depois disso, o suspeito tampou o buraco e fugiu.

De acordo com o registro policial, o perito identificou duas perfurações por arma de fogo: uma no peito da vítima e outra na cabeça. No local foi achada uma espingarda, uma arma e munições. Os objetos foram apreendidos.

A Polícia Civil investiga o crime. O caso foi registrado na Delegacia de Homicídios de Porto Velho.

Fonte: G1

Facebook Comments