Crime ocorreu há 10 anos - Foto: Divulgação

A digital influencer e ex-miss Lauren Adana, foi presa na segunda-feira  (11), acusada de simular o próprio sequestro para extorquir R$ 100 mil da mãe, na cidade de Renascença, no Paraná. O caso ocorreu em 2010, mas a condenação só saiu agora.

Lauren foi presa em casa e está grávida, ela foi condenada a seis anos de prisão e deve cumprir a sentença em regime aberto. A jovem planejou e executou o falso sequestro em 18 de abril de 2010 com a ajuda de dois amigos e o namorado. Na época, ela se escondeu na casa de uma amiga que fez contato com a mãe informando sobre o sequestro e exigindo R$ 1 mil. O namorado aumentou a pressão e ligou posteriormente pedindo R$ 100 mil para libertar Lauren.

A mãe da jovem procurou a polícia e o caso ganhou ampla repercussão. Por conta disso, o grupo desistiu do plano e a influencer deixou o apartamento, mas manteve a história do sequestro. Durante as investigações a polícia descobriu que tudo se tratou de um plano da própria “vítima” com o objetivo de extorquir a mãe .

O caso foi julgado e a amigos foram condenados, a amiga cumpre pena por extorsão, um amigo está foragido e o namorado morreu. Lauren é a única que vai cumprir pena em regime aberto e também não fará uso de tornozeleira eletrônica.

Fonte: Portal do Holanda

 

Facebook Comments