Governador eleito de Rondônia esconde do eleitor dele auxiliares que comandarão o Estado

0
610
"Não haverá indicações políticas no meu governo", diz Marcos Rocha. Foto SICTV


PORTO VELHO- Enquanto governadores de vários estados e até o presidente Jair Bolsonaro eleitos em outubro de 2018 já anunciaram seus respectivos secretários e ministros, o de Rondônia, coronel Marcos Rocha (PSL) mantém segredo total. Alguns nomes “vazaram”, como o de Evandro Padovani para a Agricultura, coronel PM Rildo José Flores para a Chefe da Casa Militar e, coronel Pachá, que deverá ser o novo Comandante Geral da corporação.

Há fortes rumores de que o enigmático futuro chefe do executivo deverá atender pleitos do MDB. A indicação de Wagner Garcia para a Sefin, cargo que ele ocupou com êxito na administração Confúcio Moura, é dada como certa. Durante a campanha, Marcos Rocha prometeu que não ia aceitar indicações políticas.

A diplomação dos eleitos em outubro vai ocorrer no dia 18 de dezembro. Nesta data o governador eleito vai anunciar os nomes de todo o secretariado.

Fonte: Mais RO

Facebook Comments