Confúcio Moura: foco na qualidade e organização

Confúcio Moura: foco na qualidade e organização
Confúcio Moura: foco na qualidade e organização

O governador de Rondônia, Confúcio Moura (PMDB), indicou de como devem se portar os agentes públicos do Estado nos próximos quatro anos. Devem primar pela qualidade nos serviços, ter foco nas tarefas e planejar para evitar desgastes desnecessários. As orientações foram transmitidas ao participar da abertura da  2ª Oficina de Revisão do Plano Estratégico Rondônia de Oportunidades, nesta sexta-feira (20), em Porto Velho.

Confúcio chamou a atenção para a crise de abastecimento de água que afetas estados do Sudeste. “É um aviso para todos nós”, advertiu. Ele afirmou que o problema é sério e que precisa ser encarado. Citou como exemplo o fato de que Rondônia tem 60% de seu território coberto por florestas virgens que precisam ser preservadas.

DESMATAMENTO

Faixas de terras no município de Candeias do Jamari, que foram desmatadas, foram apontadas como exemplo de agressão ambiental perigosa. Há ainda, segundo  o governador, desmatamento na Linha Triunfo.  Outro foco ocorre no distrito de Jacy Paraná, onde foi montada uma programação para realizar a devastação no período chuvoso para escapar da fiscalização. “Devemos atuar emergencialmente para proteger nossas nascentes e rios.”

Ao concluir sua participação, o governador destacou a situação das contas do estado, que está entre as oito mais bem avaliadas, conforme reportagem publicada pelo jornal Folha de São Paulo. Disse que, apesar dos  números serem positivos, 20% da frota foi recolhida para conter gastos e que estão em andamento controle com telefone e combustível. Ele também fez referência à economia de superior a R$ 1, 1 bilhões nas compras públicas através da Superintendência Estadual de Licitações – Supel.

Fonte
Texto: Nonato Cruz
Fotos: Bruno Corsino
Decom – Governo de Rondônia

Facebook Comments