Galo defende série invicta fora do Brasil e pode selar vaga hoje

0
161

O Atlético-MG tem chances matemáticas de voltar da Argentina classificado antecipadamente às oitavas de final da Copa Conmebol Libertadores. Enfrenta o Rosario nesta terça-feira, às 19h (de Brasília), no Gigante de Arroyito, pela quarta rodada.

O clube leva na bagagem uma série invicta como visitante na Libertadores. Há cinco anos, o Galo não é derrotado em jogos disputados fora do Brasil pela competição.

O último revés foi para o Cerro Porteño, em Assunção, pela fase de grupos da edição de 2019. Desde então, o Alvinegro disputou 14 confrontos fora do Brasil pela Libertadores. Foram sete vitórias e sete empates. Em 2020, o Alvinegro não disputou o torneio.

Confira:

  • Zamora-VEN 1 x 2 Atlético
  • La Guaira-VEN 1 x 1 Atlético
  • América-COL 1 x 3 Atlético
  • Cerro Porteño-PAR 0 x 1 Atlético
  • Boca Juniors-ARG 0 x 0 Atlético
  • River Plate-ARG 0 x 1 Atlético
  • Tolima-COL 0 x 2 Atlético
  • Independiente del Valle-EQU 1 x 1 Atlético
  • Emelec-EQU 1 x 1 Atlético
  • Carabobo-VEN 0 x 0 Atlético
  • Millonarios-COL 1 x 1 Atlético
  • Alianza Lima-PER 0 x 1 Atlético
  • Libertad-PAR 1 x 1 Atlético
  • Caracas-VEN 1 x 4 Atlético

No confronto desta terça-feira, o Gigante Arroyito não terá a presença de torcida. O Rosario foi punido pela Conmebol devido aos incidentes ocorridos no duelo contra o Peñarol. Houve conflito entre torcedores, e o lateral Maxi Olivera foi atingido por uma pedra atirada pela torcida argentina.

O Atlético lidera o Grupo G, com nove pontos (100% de aproveitamento). Em segundo lugar, com quatro pontos, está o Rosario. O Peñarol soma três. Na última posição está o Caracas, com um ponto.

Para se classificar matematicamente nesta terça-feira, o Galo precisa de um empate. Com isso, ele garante ao menos a segunda colocação, uma vez que na rodada final tem o confronto direto entre Peñarol e Rosario.

Em caso de vitória e tropeço do Penãrol frente ao Caracas (duelam na Venezuela, também nesta terça), o Atlético assegura a vaga antecipada como primeiro do grupo.

Fonte: ge