Futuros beneficiários de imóvel do Porto Bello I assinam contrato e já vivem a emoção da casa própria

0
135

Pagando aluguel de R$ 600 mensais, a diarista Joana de Souza, 50 anos, foi uma dos primeiros da lista com agendamento de horário para assinatura do contrato de um imóvel do Empreendimento Residual Porto Bello I, na zona Leste de Porto Velho, na manhã desta segunda-feira (9), na agencia central da Caixa Econômica Federal. A assinatura acontece até nesta terça-feira (10), das 9h às 17h, com agendamento de 30 beneficiários a cada 40 minutos.

Emocionada, Joana disse que aguarda ansiosa a entrega da chave, que lhe garantirá economia de R$ 520 por mês, considerando que só pagará R$ 80 de prestação. “Hoje moro com uma irmã cadeirante, que continuará morando comigo quando eu receber o apartamento. É um motivo de muita alegria, pois pela primeira vez poderei dizer que moro no que é meu”, contou.

Desempregada e morando com uma filha, Eliany Silvestre, que há 10 anos reside em Porto Velho, após se mudar de Itapuã do Oeste, é outra que agora aguarda ansiosa receber a chave, um passo decisivo para tomar posse do apartamento localizado no Bloco 42, onde ela irá morar acompanhada do filho de 25 anos. “Estou emocionada neste momento para assinar o contrato e ao mesmo tempo ansiosa para receber a chave”, disse enquanto assinava a documentação.

Grávida de sete meses de um menino, Elaine Alves, que já é mãe de uma adolescente de 17 anos e outra de 8 anos, disse que mora com os pais e que se sente feliz em ver que está perto de poder morar no que é seu. “Hoje minha única fonte de renda é o benefício que minha filha mais velha recebe do pai, que já faleceu”, citou.

Durante a assinatura, o coordenador da Engenharia de Habitação, Ricardo Gusmão, lembrou que com base na Portaria nº 1.248, de 28 de setembro, estão isentos os que no ato da inscrição e no momento da análise de enquadramento se declararam beneficiários do Bolsa Família ou que recebem o Benefício de Prestação Continuada – BPC. Outra novidade, é que o prazo de pagamento para todos os contemplados com imóvel caiu de 10 para cinco anos.

Construído com recursos dos governos federal e estadual, com base no Programa Minha Casa, Minha Vida – PMCMV, o Porto Bello I teve as obras iniciadas em 2013, mas foram paralisadas em 2018. A construção foi retomada em agosto de 2022 após chamamentos públicos feitos para contratação de nova empresa e o aporte financeiro da prefeitura.

A seleção dos beneficiários ficou sob a responsabilidade do Governo do Estado, por meio da Secretaria da Assistência e do Desenvolvimento Social – Seas, por força do Termo de Cooperação e Parceria Firmado junto à Caixa e o município de Porto Velho. Já foram entregues os empreendimentos II, III e IV.

convocação dos 272 futuros beneficiários de um imóvel foi feita no Diário Oficial da sexta-feira (6) pela Caixa, Governo de Rondônia e Prefeitura.

Com a conclusão da obra, o Governo do Estado e a Prefeitura da Capital agendaram para as 10h do dia 18 deste mês a solenidade de entrega do empreendimento residencial pela empresa responsável pela construção.

Fonte: Secom