FAMÍLIAS DE RONDÔNIA REALIZAM SONHO DA CASA PRÓPRIA

 

Dilma foi contemplada com a casa por meio da cota especial
Dilma foi contemplada com a casa por meio da cota especial

Em Rondônia o Governo do Estado, por meio do Programa de Habitação Morada Nova, executado pela Secretaria Estadual de Assistência Social (Seas) ampliou o alcance do Minha Casa Minha Vida e em todo o estado 17 mil moradias estão sendo construídas para as famílias de baixa renda.

Rolim de Moura foi o primeiro município beneficiado com habitação de interesse social. Em fevereiro do ano passado, 400 famílias foram contempladas com as casas do Residencial Jatobá II, que contou com a contrapartida financeira do Governo do Estado que investiu R$ 2 milhões para a construção das moradias.

IMG_2684-370x213Uma das beneficiadas foi Maria Marlene da Silva, ela tem 38 anos, dois filhos e o marido sofre de uma doença que o impede de trabalhar. Maria morava de aluguel, onde pagava o valor mensal de R$ 350. Ela conta o quanto sua vida mudou, depois que ela foi morar no Residencial Jatobá II. ” Antes eu pagava um aluguel que era maior que a nossa renda familiar e ainda morava num local totalmente insalubre onde meus filhos viviam doentes. Hoje consigo pagar a parcela da minha casa, além da taxa de água e luz e moro num local limpo e arrumado. Meu filhos não vivem mais doentes e ainda sobra dinheiro para comprar roupas e sapatos para eles. Me sinto segura aqui na casa nova, principalmente pela certeza de estar morando no que é meu”, declarou.

6-adão-e-augusta-1-370x246Para Adão Flores essa foi maior conquista de sua vida. “Sempre trabalhei muito desde da minha juventude e nunca tinha tido a oportunidade de comprar uma casa para mim e para minha esposa. Essa nossa casa é a maior conquista de nossas vidas, não queremos outra melhor, estamos muito felizes aqui” afirmou Adão.

Maria Marlene da Silva, ela tem 38 anos, dois filhos
Maria Marlene da Silva, ela tem 38 anos, dois filhos

Outra beneficiada com a casa própria foi Dilma Rosa do Nascimento, ela possui uma deficiência física que lhe condicionou a viver de cadeira de rodas. “Sempre morei de favor e tinha muitas dificuldades para me locomover com a cadeira de rodas na antiga casa que eu morava, eu ficava limitada e não conseguia ter acesso a certas partes da casa. Agora eu tenho uma nova vida na minha nova casa que é toda adaptada. Aqui eu consigo me locomover sem depender de ninguém, fiquei independente”, declarou.

Dilma conta ainda, quantas mudanças a nova casa provocou na sua vida. ” Viver em paz e independente me trouxe sossego para pensar em novos projetos para minha vida. Depois que eu vim morar aqui tive tranquilidade para estudar e há pouco tempo passei no concurso da Câmara Municipal, agora estou esperando ser chamada para começar a trabalhar. Essa casa foi a realização de um sonho e um novo recomeço para minha vida” disse Dilma emocionada.
Os programas habitacionais destinados ás famílias de baixa renda, garante a cota de 3% das moradias para pessoas com deficiência e mais 3% para idosos. Foram contempladas as famílias que atenderam os critérios de menor renda per capta, que estavam em situação de vulnerabilidade ou risco social, com maior número de filhos menores de 14 anos e com residência mínima de três anos no município.

O Governo de Rondônia, mantém a parceria com o Governo Federal e leva para Rolim de Moura mais 370 moradias no Residencial Jardim dos Lagos, onde a construção das casas está em ritmo acelerado.

Além de proporcionar moradia digna e própria para os rondonienses, o Governo do Estado resgata uma dívida histórica de mais de 20 anos que o estado não investia em habitação de interesse social.

Fonte
Texto: Luana Lopes
Fotos: Daiane Mendonça
Decom – Governo de Rondônia

Facebook Comments