Paulo Freire foi um grande educador, filósofo e pedagogo brasileiro que foi considerado um dos pensadores mais notáveis da área educacional em nível mundial, sendo o Patrono da Educação Brasileira. Em virtude de suas práticas e pensamentos que colaboraram para um processo didático eficaz, a Faculdade Porto FGV, em parceria com o movimento Rondônia pela Educação, realizará nos dias 19 e 20 de outubro o XV Colóquio Paulo Freire, com o tema “Formação inicial: saberes necessários à prática docente”.

 

Entre os objetivos gerais do evento está a capacitação de gestores da rede pública e privada de ensino, discutindo suas atribuições, os saberes necessários para a docência e a compreensão da alfabetização no contexto da formação inicial, além da discussão dos diferentes métodos de alfabetização e letramento e implementações nas aplicações da Proposta Curricular da Educação Infantil (BNCC).

 

Organizado pelo curso de Pedagogia da Porto FGV desde 2012, o evento contribui para a formação de alunos, professores, pedagogos e profissionais de diversas vertentes do conhecimento em Porto Velho. Para fomentar os debates, estarão presentes professores convidados, além dos professores da própria instituição.

 

Na quinta-feira (19) o evento terá início às 19h, e contará com o debate “Formação inicial: saberes necessários à prática docente”, entre outras atividades. Na sexta-feira (20) às 8h será realizado o Café Pedagógico e a partir das 19h serão realizadas oficinas e minicursos.

 

O colóquio acontecerá na Faculdade Porto FGV, localizada na Rua Paulo Freire, 4767, bairro Flodoaldo Pontes Pinto. Os interessados devem preencher a ficha de inscrição para as oficinas que estão disponíveis com a coordenação do curso. Mais informações pelo (69) 3211-6000.

 

Oficinas e minicursos (20/10 a partir das 19h):

 

  • Tecnologia aplicada à educação: a utilização do Prezi
  • O ensino da matemática no ensino fundamental: práticas e táticas
  • BNCC e suas implicações para proposta curricular da Educação Infantil
  • Métodos e técnicas de Alfabetização e letramento
  • Gestão Escolar: um olhar para o letramento
Facebook Comments