Durante a noite de domingo (15) a Polícia Militar prendeu Jean Carlos S.G., de 33 anos acusado de ameaçar matar a ex-mulher de 35 anos decapitada no condomínio Orgulho do Madeira, na zona Leste de Porto Velho (RO). Ele ainda agrediu o filho dela de 15 anos e por pouco não foi linchado por populares.

Consta em registro de ocorrência, que o homem embriagado invadiu o apartamento da ex-mulher acusando ela de estar o traindo e tentou tomar o celular dela.

A vítima saiu correndo, desceu a escadaria, mas no térreo foi alcançada pelo ex-marido. O homem armado com uma faca colocou no pescoço dela e passou a dizer que ia arrancar a cabeça da vítima.

Desesperado, o filho da mulher começou a gritar e a tentar segurar o criminoso. No entanto, o adolescente não conseguiu e ainda foi ferido levemente no braço com a faca.

Um grupo de populares com barras de ferro foi para cima do criminoso e ele saiu correndo pelo condomínio. Quando a Polícia Militar chegou, o homem foi preso escondido em um dos apartamentos.

Ele recebeu voz de prisão e foi encaminhado para a Central de Flagrantes. A mulher e nem o filho dela não precisaram de atendimento médico.

Fonte: Rondoniaovivo

Facebook Comments