Estuprador que abusava de criança desde que ela tinha 6 anos é condenado a 59 anos de prisão

0
98

Um réu, denunciado pela 2ª Promotoria de Justiça de Machadinho do Oeste, por estuprar a cunhada entre os anos de 2009 a 2016, foi condenado a 59 anos e 10 dias de prisão. O crime começou quando a vítima tinha 6 (seis) anos.

A mãe da menina também foi condenada, a 13 anos, 7 meses e 10  dias de reclusão, pois tinha conhecimento de que a filha havia sido violentada sexualmente diversas vezes pelo estuprador.

Após denúncia do MPRO, o juiz Matheus Brito Nunes Diniz condenou os réus pelos crimes de estupro de vulnerável majorado pelo concurso de pessoas e parentesco em continuidade delitiva. A sentença foi proferida no domingo (26) no 2º Juízo de Machadinho.

A vítima morava com a mãe, a irmã e o cunhado na Zona Rural do município de Vale do Anari. Quando tinha 6 anos começou a sofrer toques nas partes íntimas e a partir dos 11 anos de idade, os abusos, que já eram recorrentes, se intensificaram, sendo praticados por meio de conjunção carnal.

Segundo a menina, sua mãe e a irmã sabiam dos abusos, mas não denunciaram por medo das ameaças do acusado. Em depoimento à polícia, a menina contou que a própria mãe a segurou uma vez para que o réu a estuprasse.

O crime foi descoberto quando a vítima procurou o Conselho Tutelar afirmando que não aguentava mais ser abusada pelo cunhado, que ameaçava ela e sua família de morte. A conselheira tutelar que acompanhou o caso afirmou que a menina aparentava muito medo, pedindo ajuda por não aguentar mais a situação.

MP/RO