O governador de Maryland, o republicano Larry Hogan, disse ter “votado em Ronald Reagan” na eleição deste ano. A informação é do Washington Post.

Nos Estados Unidos, as cédulas de papel trazem um espaço para o “write-in”, permitindo que o eleitor escreva o que quiser.

Hogan disse ter concluído que não poderia apoiar nem Trump nem Biden.

Ronald Reagan morreu em 2004. Foi presidente dos Estados Unidos por dois mandatos, de 1981 a 1989, e por isso, mesmo se vivo não poderia concorrer de novo.

Segundo o Post, Hogan cogita uma candidatura à Casa Branca em 2024.

Fonte: O Antagonista

Facebook Comments