Edevaldo Neves repudia falta de transparência em eleição da FFER

0
517
Edevaldo Neves (PRD), presidente da Comissão de Esporte, Turismo e Lazer (CETL) da Assembleia Legislativa de Rondônia (Alero)

É legítimo o descontentamento dos times e dos amantes do futebol diante da falta de renovação e transparência na administração da Federação.

O deputado estadual Edevaldo Neves (PRD), presidente da Comissão de Esporte, Turismo e Lazer (CETL) da Assembleia Legislativa de Rondônia (Alero), manifestou veemente repúdio com relação à forma como foi conduzida a eleição para a presidência da Federação de Futebol do Estado de Rondônia (FFER). O parlamentar expressou sua preocupação com a falta de transparência e a ausência de pluralidade no processo eleitoral, que culminou na apresentação de apenas uma chapa, sem oportunidade para outras candidaturas.

A FFER realizou na terça-feira (6) a eleição para presidente da entidade.  O advogado Alexandre Casagrande, candidato único, foi aclamado como novo presidente da FFER para o período 2027/ 2030. O atual presidente Heitor Costa tem mandato para cumprir até 31 de dezembro de 2026. Em 1 de janeiro de 2027 Alexandre assume o cargo.

Indignado

“É com profunda indignação que observamos a falta de transparência e democracia na eleição da FFER. O esporte, em especial o futebol, é uma importante ferramenta de integração social e desenvolvimento, e é fundamental que os processos eleitorais sejam conduzidos de forma transparente e democrática”, afirmou o deputado Neves.

Edevaldo Neves ressaltou que a falta de pluralidade na disputa compromete não apenas a credibilidade da Federação, mas também o futuro do futebol em Rondônia. “Os clubes e torcedores merecem ter voz e participação ativa na escolha dos seus representantes. A ausência de alternativas na eleição da FFER vai contra os princípios democráticos e prejudica todo o cenário esportivo do nosso estado”, destacou o deputado.

Além disso, Edevaldo Neves expressou solidariedade aos clubes e torcedores que têm manifestado insatisfação com a gestão atual da FFER. “É legítimo o descontentamento dos times e dos amantes do futebol diante da falta de renovação e transparência na administração da Federação. Estamos ao lado dos clubes e torcedores na luta por uma gestão mais participativa e comprometida com o desenvolvimento do esporte em Rondônia”, afirmou o deputado.

O deputado estadual Edevaldo Neves reiterou seu compromisso em defender a transparência, a democracia e o desenvolvimento do esporte em Rondônia e destacou a importância de se garantir processos eleitorais justos e representativos na FFER.


Com informações da CBF e ALE-RO