A ex-presidente Dilma Rousseff condenou o pronunciamento de Jair Bolsonaro na noite dessa terça-feira, 24, em cadeia de rádio e TV, em que ele fala que o Covid-19 é “gripezinha”, pede para pessoas voltarem ao trabalho e ataca o médico Drauzio Varella.

“Bolsonaro mostra-se um psicopata eleitoreiro e pretensioso ao nada fazer e ainda culpar os governadores, a imprensa e os que usam a ciência contra o vírus. Lança os dados de um jogo macabro: se a epidemia diminuir, ele dirá que tinha razão e era apenas uma gripezinha; se aumentar, dirá que o isolamento de nada adiantou. Assim, em qualquer hipótese, aposta na morte”, diz Dilma em artigo publicado em seu site.

Leia a matéria completa na Br247

Facebook Comments