Cruzeiro e Coritiba vão jogar sem torcida até o fim do Brasileirão

0
253

Cruzeiro e Coritiba foram punidos de forma preventiva pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), nesta quinta-feira (16/11), e vão jogar sem torcida nos próximos 30 dias (até o fim do Campeonato Brasileiro), tanto dentro quanto fora de casa. A decisão ocorreu após torcidas de ambas equipes, no sábado (11/11), invadirem o campo e gerarem confusão generalizada.

“Por todo o exposto, defiro, parcialmente, os pedidos liminares da Procuradoria, para determinar que os próximos jogos cujos mandos de campo sejam do Coritiba/SAF, bem como aqueles que sejam do Cruzeiro/SAF, válidos pelo Campeonato Brasileiro Série A 2023, ocorram com os portões fechados (artigo 175, §2º do CBJD c/c artigo 79 do RGC), suspendendo, outrossim, o direito de ambas as agremiações de adquirirem para suas respectivas torcidas, carga de ingressos de visitante, até o julgamento da futura denúncia a ser protocolada pela Procuradoria por uma das comissões disciplinares do STJD”, disse o presidente do STJD.

O Coritiba, que está na 19ª posição, com 29 pontos, tem mais quatro jogos na Série A, sendo dois em casa e dois fora. Já o Cruzeiro, que aparece em 17º, com 37, ainda faz mais seis confrontos, três como mandante e mais três como visitante.

Entenda o caso

Disputando a permanência na primeira divisão do Campeonato Brasileiro, na vitória do Coritiba contra o Cruzeiro por 1 x 0, pela 34ª rodada do torneio, no Estádio Durival de Brito. A partida ficou marcada pela briga da torcida, que invadiu o campo logo após o gol do Coxa, na reta final da partida, já nos acréscimos do 2º tempo.

A torcida do Cruzeiro invadiu logo após o gol do Robson, jogador do Coritiba. Na sequência, parte dos torcedores do Coxa também entraram em campo e foram para o confronto.

Fonte: Metrópoles