Doria 2022

O governador do estado de São Paulo, João Doria Jr (PSDB) é o potencial candidato à presidência da República da direita. Fez mais contra a Covid-19 que o presidente da República, que, na verdade, nada fez, muito pelo contrário. A esquerda terá sérias dificuldades de vencer Doria. Só Lula poderia fazer face ao tucano nas próximas eleições.

 

 

                                     Negacionistas

Após meses negando a gravidade da situação, inclusive desautorizando o Ministério da Saúde a combater o vírus, Bolsonaro vai ter que engolir a vacina chinesa. Ontem, o ministro da Saúde general  Pazuello, se apropriou por decreto, da vacina produzida pelo Butantan, em parceria com laboratório chinês. Um confisco.

 

Washington

Este é um dos quatro trumpistas que morreram na invasão do Capitólio. Kevin Greeson, de 55 anos, do Alabama. Ativo nas redes sociais, apoiava o grupo fascista Proud Boys e chegou a pedir a morte de Nancy Pelosi, presidente Democrata da Câmara. Postava fotos armado, como essa com dois fuzis.
Como ele morreu? Uma bomba de efeito moral explodiu perto dele. E então ele teve um ataque cardíaco.

 

Perfil hackeado

O perfil da prefeita de Ariquemes, Carla Redano (Patriotas) da esposa do futuro presidente da ALE-RO, Alex Redano (Republicanos), foi HACKEADO no @instagram. “Por gentileza desconsiderem qualquer mensagem que possam receber, até que seja restabelecido o controle”, pediu o parlamentar. Nos últimos dois meses o índice de fraudes nas redes sociais cresceu muito. Com a pandemia, as ações de estelionatários causaram muitos prejuízos, sobretudo a aposentados, os principais alvos.

 

 

                                       Fogo no parquinho

O PSL está denunciando o PSL. O PSL está desautorizando o PSL de hipotecar apoio ao candidato governista, à presidência da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL). Ala majoritária do antigo partido bolsonarista está apoiando Baleia Rossi (MDB-SP) que deve vencer a disputa em fevereiro. Com Baleia Rossi na presidência a possibilidade de um impeachment de Bolsonaro é maior. Só para ilustrar, foi um emedebista (Eduardo Cunha) quem comandou o impeachment de Dilma Rousseff.

Cunha X Temer

Por falar em Eduardo Cunha, o mais ruidoso dos personagens que comandaram a Câmara, acaba de concluir seu “livro-bomba” sobre a história não contada da queda de Dilma Rousseff. Tchau Querida, O Diário do Impeachment terá 740 páginas que prometem reabrir muitas feridas de 2016. (…) Cunha fala da atuação dos petistas no período, de Sergio Moro e de Rodrigo Janot, mas dois personagens são especialmente “dissecados”. O primeiro é Michel Temer. Cunha conta em detalhes como o vice de Dilma atuou ativamente para tomar o lugar da petista.

Fabrício do DEM

O quase candidato a prefeito de Porto Velho, Fabrício Jurado (DEM), tomou posse como Assessor Executivo da Secretaria Geral de Governo da PMPV. Fabrício que se preparou até em Harvard para administrar a capital, vai auxiliar o prefeito Hildon Chaves com sua capacidade e inteligência. É mais do que reconhecimento. É FJ é nascido em Porto Velho e vem de uma tradicional família de pioneiros na área da advocacia.

Funcultural

HC acerta nas indicações de alguns assessores. No caso da presidência da Funcultural, errou feio. O novo presidente, ex-vereador ficha suja Márcio Miranda (PL) terá vida curta na pasta. O setor cultural não aceitou com naturalidade. Enquanto isso, o ex-presidente Antônio Ocampo é só elogios por onde passa: “Boa noite, meus queridos amigos e amigas! Hoje tive a satisfação, uma alegria que ainda não tinha sentido, que ao sair na rua, em alguns locais por onde passei recebi tantos parabéns pelos resultados do trabalho e outras chateadas com a minha saída. Para todos eu agradeci e expliquei, que cargo é assim mesmo. Vc assume por uma canetada e sai da mesma forma. O importante, é esse reconhecimento das pessoas, com dezenas de mensagens nas minhas redes sociais que só tenho que agradecer a cada um e ao meu Deus, que eu creio. O legado, é pequeno, mas ficará. Quero informar, também, que originalmente sou servidor público federal desde fevereiro de 1980, quando Rondônia ainda era Território, portanto, são 41 anos na ativa, e que já voltei ao órgão que vou ficar até me aposentar, por esses dias. Cargo comissionado é passageiro, o emprego é até vc se aposentar. Mas não quero parar, vou atuar logo logo em outro setor. Também vou desenvolver meu canal no YouTube e teremos muitas novidades, que logo estarei passando o link para vcs. O canal já está aberto com o nome Falando de Tudo. Aguardem”.

Recordista

“Uma semana do ano e o despresidente já cometeu uma série de crimes de responsabilidade, aos descrever que o aconteceu nos EUA vai ocorrer aqui, ao descrever que houve fraude nas eleições dos EUA, ao dizer que o país estava quebrado, ao determinar a paralisação da compra de seringas e agulhas para a utilização na vacinação futura. E assim continuamos com está política da morte e da negação”, de Walter Gustavo Lemes, advogado em Porto Velho RO).

Eleições 2022

Senador Confúcio poderá voltar ao governo em 2022

A esquerda de Rondônia ainda não tem um nome com capilaridade para vencer as eleições de 2022, quiçá, para disputar. Por enquanto, os nomes que estão expostos à mesa são de direita. Hildon Chaves (PSDB) é nome certo, para o governo ou Senado Federal. Ainda pela direita, o senador Marcos Rogério (DEM) também é forte candidato ao governo de Rondônia. Pela esquerda, quem mais se aproxima de uma candidatura ao governo é o deputado federal Mauro Nazif (PSB). Pelo centro, o nome do ex-governador e atual senador Confúcio Moura (MDB) começa a surgir como opção. Confúcio é o melhor parlamentar de Rondônia desta legislatura.

 

 

Por equipe do Mais RO

Facebook Comments