Por Roberto Kuppê (*)

                                            Natura, Natura Natura

Hoje a coluna ganha uma parceira de peso, a NATURA. Naturalmente que é o apoio desta coluna à campanha publicitária da NATURA, que mais uma vez, inovou no marketing e conseguiu uma das maiores audiências e citações nas redes sociais. A NATURA conseguiu atingir todos os públicos e continua campeã de vendas. Parabéns à NATURA.

                                  Criança no abrigo

Para os fascistas, bolsominions e preconceituosos, Thammy deveria ser presa e essa criança ir para o abrigo, onde milhões de pais deixaram seus filhos. Mais de 5,5 milhões de crianças não têm o pai no registro, mas o que tá deixando os “cidadãos de bem” revoltados é o fato da Natura trazer o Thammy Miranda na campanha de Dia dos Pais. “Cidadãos de bem” que não pagam a pensão dos próprios filhos criticaram a Natura também.

                                      Passando a boiada

Enquanto nós, seres mortais ficamos discutindo NATURA, a boiada vai passando. Funcionários do BB pedem investigação sobre venda de créditos de R$ 2,9 bilhões por R$ 371 milhões, pouco mais de 10% do valor, para o BTG Pactual. Foi uma das últimas transações feitas na gestão de Rubem Novas, que pediu demissão e criticou a cultura de corrupção de Brasília. “A Associação Nacional dos Funcionários do Banco do Brasil (ANABB) pediu ao Tribunal de Contas da União (TCU) que investigue a operação de venda da carteira de crédito de R$ 2,9 bilhões para o BTG Pactual. O Banco do Brasil está sendo criticado por partidos políticos e sindicatos por supostamente vender barato demais a carteira de crédito. Ela foi vendida por R$ 371 milhões. A operação foi anunciada no início do mês, sob a gestão do presidente Rubem Novaes, que entregou na sexta-feira o pedido de demissão ao ministro da Economia, Paulo Guedes“. Guedes foi um dos fundadores do BTG Pactual, hoje controlado por André Esteves. E vai passando a boiada. E a NATURA, hein?

Exército S.A

A lei proíbe que militares sejam donos ou administrem empresas. Mas, levantamento do site Metrópoles, revela que 3.888 militares da ativa são sócios-administradores de empresas. Outros 1.067 militares presidem; 358 dirigem e 18 gerenciam negócios. Mas, o problema é a esquerda.

Na calada da noite, Fase 2

Sem anúncios, sem coletiva. Porto Velho está desde ontem na Fase 2 de novo, com restrições mais rígidas, após aumento do caso do novo coronavírus, a temível Covid-19. Portaria n° 15, datada de 27/07 e publicada no Diário Oficial na noite desta terça-feira (28), retrocede Porto Velho e vários municípios pra Fase 2. Nessa fase não será permitido o funcionamento da praça de alimentação do shopping. Restaurantes, lanchonetes, sorveterias e afins, podem operar com consumo no local, porém com limitação do tempo de permanência de cada cliente, por até duas horas, distanciamento mínimo de dois metros entre as mesas, abertura de portas e janelas, entre outras medidas de redução do risco de contágio. Salões de beleza e barbearias, lojas de eletrodomésticos, de bens de informática e de confecções (vedado provar roupas e calçados) estão entre os segmentos que também podem continuar a funcionar na fase 2, além de todos os estabelecimentos que já estavam permitidos na fase 1 do Decreto n° 25.049, todos operando sob protocolos específicos de segurança sanitáriaapresentados sob a forma de notas técnicas da Agência Estadual de Vigilância em Saúde de Rondônia (Agevisa), disponibilizadas no Portal Covid-19. 

Números assombrosos

Guajará-Mirim, com 67 mortos pela Covid-19, supera todo o Paraguai, que tem até agora apenas 45 mortos. Já Porto Velho tem 11 vezes mais mortos que aquele país vizinho do nosso Brasil. O Brasil já tem quase 90 mil mortes. Mesmo assim, o Paraguai cancelou as eleições municipais deste ano, passando para 2021. Aqui vai ter mesmo com os casos beirando os 3 milhões e 100 mil mortes.

                        Uruguai, apenas 35 mortes!!!

Imagem

Eleições 2020

“Pule de 10”, garante o articulista Robson Oliveira, de que Hildon Chaves (PSDB) não sai à reeleição, cujo anúncio deverá fazer por volta do dia 6 de agosto de acordo com promessa ao Léo Ladeia há uma semana. É tão certo que o vereador Maurício Carvalho (PSDB) já postula ser o candidato dos tucanos à prefeito de Porto Velho.

Léo Moraes candidato

Há quem dizia que o deputado federal Léo Moraes (Podemos) não sairia candidato, mas vai sair sim. Tanto que fez reunião na casa da dona Lucila (oficial de justiça aposentada), mãe do Pedro, assessor dele, com mais de 100 pessoas. Nos últimos 15 dias LM vem demonstrando que é pré-candidato, intensificando sua presença nas redes sociais.

                                Vinícius Miguel candidatíssimo

Embora não tenha batido o martelo oficialmente, o advogado e ativista Vinícius Miguel (Cidadania) será candidato sim e um dos mais fortes a ocupar a cadeira de prefeito de Porto Velho. Vini estava em dúvidas se sairia candidato à prefeitura ou à reitoria da Unir. Optou pela encrenca que é administrar Porto Velho. Além do prefeito, o Cidadania quer eleger o maior número de vereadores e aposta em Tiago Lins, do IFRO, na foto com Vinícius Miguel.

Esquerda forte em Jipa

O município de Ji-Paraná é pé quente para a esquerda. Já tiveram três prefeitos: Acir Gurgacz (PDT), Nico do PT e Jesualdo Pires (PSB). Desta vez, três candidatos disputarão o coração dos esquerdistas jiparanaenses: Cláudia de Jesus(PT), Ari Saraiva (PSB) e Marcito Pinto (PDT), candidato à reeleição. Eis todos os pré-candidatos de Jipa: Dr. Silmar (PSL), Cláudia de Jesus (PT), Ari Saraiva (PSB), Isau Fonseca(MDB), Cabo Jhony Paixão (PRB), André da CDL, Edinho Fidélis (PP), Licomédio Pereira (Solidariedade), Affonso Cândido (DEM), João Durval (PP), Laerte Gomes(PSDB), Airton Gurgacz (PDT) e Marcito Pinto (PDT).

Esquerda em Porto Velho

Ramon Cujuí é presidente municipal do PT de Porto Velho

Vem forte a esquerda em Porto Velho também. A capital terá o petista Ramon Cujuí e o “comunista” Samuel Costa (PCdoB), que vem com Pantera de vice (chapa pura). O PSOL deverá indicar o vice de Ramon, do PT.

Roberto Sobrinho

O ex-prefeito de Porto Velho, Roberto Sobrinho (PT), nem sonha em voltar para a prefeitura de Porto Velho. Inocentado após 10 anos de massacre, ele poderá sair a vereador para ajudar a nominata. Sobrinho está feliz porque a justiça finalmente reconheceu a inocência dele, depois de, praticamente, ser estraçalhado pela mídia. Quase teve a vida arruinada, destruída. Esperamos agora que a mídia o absolva.

Braga ou Pimentel?

O MDB está com um “problema” para resolver. Quem será o candidato a prefeito do partido. Se Williames Pimentel ou George Braga. Ambos têm capacidade para gerenciar a capital com todos os seus problemas estruturais. Pimentel já demonstrou que sabe ser gestor, pelo menos no setor de saúde, tendo sido secretário estadual e municipal por várias vezes. Já George Braga foi o responsável pelo desenvolvimento do Estado de Rondônia, quando foi secretário de Planejamento da administração Confúcio Moura (MDB). Braga é o senhor Gestão.

Jair Montes

Deputado Jair Montes (Avante) no Regina Pácis, hoje

O deputado estadual Jair Montes (Avante-RO), caiu como uma luva na vice-liderança do governo na Assembleia Legislativa. Em poucos dias já mostrou serviço e o governador Marcos Rocha está satisfeito com a escolha. Nessa pandemia, não podia ter nome melhor. Após conseguir leitos de UTI, a missão de Montes será a viabilização da contratação de profissionais médicos aprovados no último concurso público e aprovação do PCCS.

 

(*) Roberto Kuppê é jornalista, articulista político e cliente NATURA

Facebook Comments