Por Roberto Kuppê (*)

Dia do Professor

Hoje é o o Dia do Professor. Parabéns àqueles que, sem eles, não existiriam cidades inteligentes, prédios grandiosos, medicina e nem aparelhos celulares com internet para lerem essa Coluna do RK. Em nome de milhares de professores brasileiros, a coluna homenageia os professores Fernando Haddad, Dilma Rousseff, Fátima Cleide, João Paulo Viana, Mário Medeiros, Vinícius Miguel, Vinícius Lemos, Olakson Pedrosa, Edson Silveira, Lúcio Guzman, Sílvio Percivo, e outros. Sob o governo Bolsonaro a educação está sob ataque, vivendo seus piores momentos. Professores estão sendo impedidos de ensinar, de informar e de contar a verdadeira história do Brasil.

Bolsa banqueiro

O governo federal vai cobrar cerca de 5 mil beneficiários do Bolsa Família, que de alguma forma auferiram os recursos indevidamente, o equivalente a R$ 5 milhões de reais. Uma merreca levando em consideração que o governo sob Bolsonaro já perdoou dívidas bilionárias do agronegócio e de banqueiros. Caso os pobres bolsistas não devolvam o dinheiro serão negativados e incluídos na dívida ativa da União.

PSL implodindo

Bivar: (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Hoje a Polícia Federal do ministro da Justiça, Sergio Moro fez batida em endereços do presidente do PSL, Luciano Bivar. O objetivo é dar seguimento às investigações do laranjal do PSL, o partido do presidente da República, Jair Bolsonaro. A investigação em curso é sobre o esquema das candidaturas de laranjas dentro do partido, que também é sigla presidente Jair Bolsonaro. Os mandados na casa de Bivar foram autorizados pelo Tribunal Regional Eleitoral do estado, atendendo pedidos da polícia e do Ministério Público. Reportagens da Folha de S. Paulo no começo do ano revelaram que Bivar e aliados criaram uma candidata de fachada em Pernambuco que recebeu do partido R$ 400 mil de dinheiro público na eleição de 2018.

PSL implodindo 2

Depois da divulgação do esquema, Bolsonaro entrou em guerra com o presidente da sigla e com o próprio PSL. A tensão se agravou depois do comentário do presidente da República em que ele afirmou que Luciano Bivar está queimado e que a sigla deve ser esquecida. Fala gerou grande crise interna dentro do partido.Os dois presidentes, da República e do PSL, também estão brigando entre si, pelos milhões do Fundo Partidário. Esse é o tipo da briga que ninguém ganha. Puxam uma pena e vem o galinheiro todo.

Rodrigo Maia

O político mais perigoso da República, no momento, não é Jair Bolsonaro. Esse é um idiota. O mais perigoso é o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), filho do bruxo César Maia, o articulador. Rodrigo Maia está pavimentando a posse dele como presidente da República. Está com a faca e o queijo nas mãos. E Bolsonaro sabe disso.

 

Quinta, Dia D

Foi marcada para esta quinta, 17, o julgamento STF, sobre prisão em segunda instância. No Supremo, espera-se, a discussão será técnica. Os ministros devem se debruçar sobre duas questões específicas. Uma proposta de Emenda à Constituição (PEC 410/18), deixa clara a possibilidade de prisão após condenação em segunda instância. O artigo 283 do Código de Processo Penal, por sua vez, afirma que a prisão só pode vir após trânsito em julgado. A Ordem dos Advogados do Brasil defende que a prisão só pode vir após o esgotamento dos recursos. Em entrevista ontem à rádio CBN, o ministro Marco Aurélio Mello, relator das três ações de constitucionalidade que serão analisadas na quinta-feira, disse que processo “não tem cara, tem conteúdo”. Pelo andar da carruagem, tem tudo para Lula ser libertado das masmorras imposta pelo ex-juiz ladrão, sérgio moro (assim mesmo, em minúsculo).

                                       Piada pronta

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), virou motivo de piada na internet após publicar uma imagem vestindo uma camiseta que ironiza a sigla LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transgêneros). “O conceito de LGBT foi atualizado com sucesso”, afirmou o Zero Três, exibindo as mesmas letras, mas com referências, em inglês, a Liberty (Liberdade), Guns (Armas), Bolsonaro e Trump. O parlamentar exibiu a camiseta durante a conferência conservadora CPAC e, segundo ele, foi um presente de uma equatoriana que mora na Argentina. “Curtiram?”, questionou. Logo após a publicação, os usuários das redes sociais caçoaram da publicação com um alerta de que o parlamentar havia esquecido da letra Q. De Queiroz.

                                      Dallagnol em queda

A imagem pode conter: 1 pessoa, texto

Após o vazamento de áudios e mensagens desnudando o modus operandis do chefe da Lava Jato, Deltan Dallagnol, não há clima para ele permanecer adiante da operação criada para tirar Lula da presidência e a (in)consequente eleição de Bolsonaro. Está claro e cristalino que a Lava Jato foi usada para mudar os rumos do Brasil, para pior.

A imagem pode conter: 1 pessoa, texto

 

Mais Médico, Mais Confúcio

Henrique Prata disse ao governador Confúcio Moura que o povo de Rondônia protagonizou mais um milagre na história do hospital

O senador Confúcio Moura (MDB-RO), primeiro vice-presidente da legenda, está sendo bombardeado pela classe médica brasileira por incluir médicos cubanos no revalida. Ora, pois, até o presente momento, mais de 70% das vagas disponíveis do novo Mais Médicos ainda não foram preenchidas. Só cubanos aceitam trabalhar em lugares inóspitos, sem energia elétrica, sem internet e sem segurança. Está correto Confúcio Moura, que por sinal é médico. Confúcio recém formado trocou o conforto da cidade grande em Goiás para trabalhar numa vila inóspita que hoje se transformou na cidade de Ariquemes, em Rondônia.  Sob o governo Confúcio Moura foi construído o Hospital do Amor da Amazônia, o maior hospital de câncer fora de Barretos, um feito histórico.

                                        Energisa & Caerd

O caos implantado pela privatização da Ceron acendeu o alerta sobre a venda da Caerd que está em curso. Sob investigação de uma CPI, a Energisa põe no radar de que a privatização da companhia de águas de Rondônia possa repetir os problemas enfrentados pelo consumidor rondoniense que passou a pagar uma conta salgada. E põe salgada nisso.

Santa Dulce

O Brasil tem sua primeira santa genuinamente brasileira. E baiana! Santa Dulce dos Pobres, viveu entre nós há menos de duas décadas, dedicando a vida dela à solidariedade, aos pobres desvalidos e esquecidos pelo poder público. Transformou um galinheiro no maior hospital da Bahia, atendendo a mais de três milhões de pessoas nos últimos 20 anos. É um privilégio ter uma santa tão contemporânea, tão real e próxima de nós.

Bike Som

Raimundinho Bike Som, com o prefeito e o presidente da Câmara, Maurício Carvalho

Lembram do suplente de vereador Raimundinho Bike Som (PHS-Porto Velho)? Ele fez campanha para o prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves(PSDB). Foram parceiros até meados do primeiro semestre. Cansado de tanto pedir e não ser atendido, Bike Som foi para a oposição e não quer ver o prefeito nem pintado de ouro. HC perdeu um grande aliado.  A imagem pode conter: 4 pessoas, pessoas sorrindo, área internaE por falar em Bike Som, o futuro advogado fez uma homenagem aos professores dele, do curso de Direito. “Professores nascem com um dom de espiritualidade superior. São capazes de transformar mendigos em doutor. Felizes são os homens que amam os seus mestres. Feliz Dia dos Professores! Agradeço aos Grande Deus por ter vocês em minha vida. Raimundinho Bike Som. Lutar sempre, vencer as vezes, desistir jamais”, disse ele nas redes sociais.

 

 

 

(*) Roberto Kuppê é jornalista e articulista político no eixo Rio-Brasília e Rondônia

Facebook Comments