ob1Para promover a integração entre os atletas de Porto Velho, bem como o espírito de competição saudável nos alunos do Objetivo Sports, o Colégio Objetivo realizou neste sábado (22) campeonatos de basquete, futsal e mudança de faixa no tae kwon do.

As atividades foram iniciadas pela manhã com o 1º Desafio 3×3 de Basquete, disputado por alunos do 9º ano do Ensino Fundamental até a 3º série do Ensino Médio das duas unidades do colégio. Os integrantes do trio campeão faturaram uma bicicleta cada e o segundo e terceiro colocados ganharam brindes esportivos.

Para Yorran André Taques, aluno do 3º ano do Colégio Objetivo, o prêmio foi grande incentivador para participar. “Eu gosto de basquete e quando soube que o prêmio seria uma bicicleta foi um estímulo a mais para participar”, brincou Yorran.

ob2ob3A disputa foi acirrada. A final ficou entre trios da Unidade Flodoaldo Pontes Pinto e da Unidade São João Bosco que foi a grande campeã do torneio com 7 pontos de diferença. O placar final foi de 13×6.

No período da tarde o Objetivo Sports realizou a mudança de faixa de 22 atletas da instituição. 18 alunos foram para a faixa amarela, um para a faixa verde, outro para ponta verde e dois para a ponta vermelha.

O professor Pedro Strei comenta que as aulas são ministradas para alunos de 5 a 18 anos, todas as segundas, quartas e sextas-feiras, de 12h às 13h e das 18h às 19h, na Unidade I do Colégio Objetivo (Rua Paulo Freire, 4767, bairro Flodoaldo Pontes Pinto).

ob4ob5No campeonato de futsal, duas equipes do Colégio Objetivo receberam três times de escolas de Porto Velho para participar da competição. “A ideia é fazer com que os alunos se acostumem a disputar com outras equipes e aperfeiçoem as técnicas”, afirma o professor Fabrício Brasileiro.

Para Lene Gonçalves, mãe de Lucas Gabriel (8 anos), o esporte é um grande aliado nos estudos do filho. “O futsal ajuda bastante no foco e disciplina dele. O professor acompanha as notas, cobra do aluno, chama os pais. Tudo isso para melhorar o rendimento, dentro e fora das quadras”, destaca. Para ela a modalidade também ajudou na saúde do filho, que antes sofria com crises de rinite e sinusite. “Agora ele tem uma respiração muito melhor, o que afasta a doença”, conclui.

Facebook Comments