Azul volta a operar em Ji-Paraná hoje

Cidade no interior de Rondônia terá ligações com Cuiabá, no Mato Grosso, três vezes por semana; retorno da companhia acontece após obras no aeroporto local e perspectivas de recuperação do setor aéreo para o segundo semestre

São Paulo, 1º de julho de 2021 – Depois de Vilhena, é a vez de Ji-Paraná, em Rondônia, voltar a integrar a malha doméstica da Azul. A companhia retoma as operações após a conclusão das obras de melhorias no Aeroporto José Coleto e na expectativa de recuperação do setor aéreo ao longo do segundo semestre deste ano.

Inicialmente, serão três frequências semanais – às segundas, quartas e sextas – com destino à Cuiabá, capital do Mato Grosso, e, a partir de agosto, a previsão é de que sejam realizados seis voos por semana, de segunda à domingo, exceto aos sábados. Os Clientes voarão a bordo das aeronaves Embraer 195 E1, com capacidade para 118 lugares. Da capital mato-grossense, os Clientes poderão chegar a diversos destinos, como Rio de Janeiro, Brasília, Campo Grande, Porto Velho, Guarulhos e Campinas, em São Paulo, além de destinos no próprio estado do Mato Grosso com a Azul e Azul Conecta, como Alta Floresta, Sorriso, Sinop, Juína, Água Boa e São Felix do Araguaia. As passagens para os voos, que seguirão os protocolos sanitários adotados pela empresa desde o início da pandemia, estarão disponíveis para compra em todos os canais oficiais da Azul.

“Estamos muito satisfeitos em anunciar mais uma conexão no interior de Rondônia. Gostaríamos de ter retomado a operação em Ji-Paraná antes, mas aguardávamos a conclusão das obras de melhorias que eram determinantes para a nossa atuação. Com as adaptações na infraestrutura, agora conseguimos melhorar nossa operacionalidade no destino, tornando o interior de Rondônia ainda mais conectado e com um produto que garanta comodidade e conforto aos Clientes locais”, conta Beatriz Barbi, gerente de Planejamento de Malha da Azul.

Ji-Paraná se tornar a 120ª base operada pela Azul no país, número próximo aos 116 destinos servidos pela companhia no período pré-pandemia. Neste mês, a empresa também volta a operar em Aracati (CE), Cabo Frio (RJ) e Sorriso (MT). Além disso, desde junho, o município de Vilhena voltou a receber aeronaves da Azul, com quatro operações semanais, e, a partir de agosto, a expectativa é retomar também as operações em Cacoal, fortalecendo a presença da companhia em Rondônia e ampliando a oferta por via aérea na região.

Confira, a seguir, como será a malha em Ji-Paraná:

Sobre a Azul

A Azul S.A. (B3: AZUL4, NYSE: AZUL) é a maior companhia aérea do Brasil em número de voos e cidades atendidas, tendo aproximadamente 700 voos diários para mais de 110 destinos. Com uma frota operacional em torno de 140 aeronaves e mais de 9.500 funcionários, a Companhia possui 203 rotas em 31 de dezembro de 2020. Em 2019, a Azul conquistou o prêmio de melhor companhia aérea da América Latina pelo TripAdvisor Travelers’ Choice e também foi classificada como a melhor companhia aérea regional da América do Sul pelo nono ano consecutivo pela Skytrax. Adicionalmente, em 2019, a Azul ficou entre as dez primeiras companhias aéreas de baixo custo mais pontuais do mundo, de acordo com a OAG. Para mais informações, visite https://www.voeazul.com.br/ri.

Facebook Comments