Alunos da área rural da escola Josino Brito de Cacoal estão sem frequentar aulas por falta de ônibus escola

0
9

Aproximadamente quarenta alunos que residem na área rural de Cacoal, a partir da Linha 12 até a cidade, ao longo da Rodovia do Café, estão sem frequentar as aulas na Escola Estadual Josino Brito, que fica na cidade. As aulas tiveram início no último dia 6 de março; sendo que desde o início do ano letivo até a última sexta-feira (10) houve transporte regularmente, mas esta semana o ônibus parou de circular e nenhuma informação ou esclarecimentos foi feito aos pais e alunos, que simplesmente não sabem o que está acontecendo.

São alunos que concluíram o ensino fundamental em escolas da área rural e tem como única alternativa se deslocarem até a cidade para estudar o ensino médio, já que atualmente não há escolas de ensino médio naquela área para esses alunos, que estudam em período integral. Os pais e alunos já precisam fazer um enorme esforço para pegar o ônibus, que não entra nas diversas linhas, mas passa apenas na Rodovia do Café.

Os pais e alunos não sabem com quem se socorrer, já que as autoridades sequer se deram ao trabalho de esclarecer a situação e informar quando será resolvido o problema; bem como, o que será feito em relação a essas faltas e perda de conteúdo escolar. Os moradores reclamam do que consideram um grave descaso da Secretária Municipal de Educação e cobram uma posição também dos vereadores, que até o momento estariam se omitido em relação a essa situação que está comprometendo o ano escolar de dezenas de alunos.

Segundo informações divulgadas pela imprensa, cerca de 3.000 crianças e adolescentes da área rural de Cacoal já tiveram atraso no início das aulas, que estava previsto para o último dia 20 de fevereiro e foi adiado para o dia 13 deste mês, devido ao atraso na entrega de 25 ônibus do projeto “caminho da escola”, que foram doados pelo Governo Estadual; agora o problema seria falta de motoristas. A responsabilidade pelo transporte desses 40 alunos também é da prefeitura, em função de um convênio de repasse de recursos do Estado.

 

Facebook Comments