Um vídeo divulgado nesta segunda-feira nas redes sociais poderá resultar numa investigação, pela Polícia Civil, do acidente que matou Samuel Assis Lima de Miranda, de 26 anos, dono de uma joalheria virtual, e a namorada dele, Beatriz Aguiar, 18, técnica de enfermagem,  na madrugada deste domingo (25).

O vídeo mostra uma viatura da PM muito próxima da motocicleta pilotada por Samuel. Os dois veículos estão em alta velocidade. Supostamente o carro da polícia bate violentamente na moto. O casal morreu na hora.

LEIA TAMBÉM

Após fuga no Espaço Alternativo, casal morre ao colidir moto contra árvore

 

A polícia narrou em boletim de ocorrência que Samuel e a namorada estavam na moto Honda CG Titan 160 (QLW 8900).

Segundo a PM, o acompanhamento policial começou na avenida Jorge Teixeira, nas proximidades do espaço Alternativo, por onde Samuel trafegava em alta velocidade. Percebendo que seria abordado – diz a polícia –,  o condutor entrou na contramão, andou em ziguezague por algumas ruas e, na avenida Tiradentes, perdeu o controle da direção e bateu numa árvore do canteiro central.

O vídeo divulgado nesta segunda mostra, no entanto, a viatura ‘colada’ à motocicleta quando, então, ocorre uma suposta batida por trás.

Uma perícia da Polícia Técnica no vídeo poderá definir se de fato a dupla caiu da moto sozinha ou se a viatura bateu por trás, jogando o casal na pista.

Segundo as primeiras informações, excetuando as infrações de trânsito descritas pela polícia, contra o casal não pesava nenhuma acusação de crime.

 

Fonte: Tudorondonia

Facebook Comments