PORTO VELHO-O prefeito de Cacoal, Adailton Fúria (PSD-RO), concedeu entrevista a uma TV local, demonstrando seu total indiferença para o fato de que mais de 260 mil pessoas já morreram vítimas da Covid-19. No vídeo, em tom furioso, ele disse que não vai colocar fiscal da prefeitura para fiscalizar estabelecimentos comerciais que devem cumprir o decreto estadual. “Isso não vai resolver a questão da pandemia”, disse ele.  Fúria também disse que é contrário ao fechamento das igrejas, pois é um “local de refúgio das pessoas que estão  em depressão”. O prefeito disse que assinou decreto deixando as igrejas abertas, com “50% de sua capacidade”.

Aproveitando a deixa, o empresário Luciano Hang, que tem uma loja da Havan em Cacoal, repercutiu o vídeo:

  • Fonte: Mais Rondônia
Facebook Comments