Veterano de guerra de 97 anos reencontra amada após 75 anos separados




ma história deixou a França emocionada na última semana. O veterano da Segunda Guerra Mundial KT Robbins, 96 anos, finalmente reencontrou a sua amada, Jeanninne Ganaye, 92, após ficarem 75 anos separados. Segundo o canal de televisão France 2, que promoveu o encontro, o soldado dos Estados Unidos fez uma parada na cidade Briey em 1944 e foi lá que se apaixonou por Jeannine.

Robbins procurou alguém para lavar seu uniforme e a mãe de Jeannine disse poderia fazer o serviço. Neste momento, ele encontrou com a amada. No entanto, o namoro foi rápido, pois os soldados estavam indo em direção ao leste para lutar contra os alemães. “Disse para ela que voltaria para buscá-la, mas não aconteceu como queria”, afirmou o veterano.

“Quando ele foi embora no caminhão, eu chorei, claro, estava muito triste. Sempre desejei que, depois da guerra, ele não voltasse para os Estados Unidos”, disse Jeannine. Tanto é assim que a mulher começou a aprender um pouco de inglês à espera do retorno de Robbins.

No entanto, o soldado acabou voltando para o seu país de origem. O tempo passou, Robbins se casou com outra mulher e Jeannine também encontrou um novo homem. Para a TV francesa, ela disse acreditar que Robbins tinha morrido. No entanto, o apresentador fez a revelação: ele está vivo e a apenas 43km dela.

Ao se encontrarem, a troca de carinhos foi emocionante. “Eu sempre amei você. Você nunca saiu do meu coração”, disse Robins a Jeaninne. “Eu sempre pensei em você, acreditava que você voltaria. Eu queria que você tivesse voltado”, respondeu a mulher.

Depois de quatro horas de muita conversa, os dois prometeram se encontrar novamente. “Jeannine, eu te amo, garota”, disse Robins ao se despedir, mas dessa vez com a certeza de voltar.

Fonte: Metrópoles

Facebook Comments