Vendaval vira barco e três pessoas desaparecem no rio Madeira, em Porto Velho

Um barco virou durante um vendaval no rio Madeira, entre 19h e 20h de sexta-feira (6), em Porto Velho. Três pessoas estavam na embarcação e seguem desaparecidas. Um helicóptero do Núcleo de Operações Aéreas (NOA) também está sendo usado nas buscas.

As equipes do Corpo de Bombeiros devem retomar nesta segunda-feira as buscas pelas três vítimas do naufrágio do rio Madeira: o cinegrafista da Rede Amazônica Clebson Ribeiro da Cunha, a irmã dele, Cleidiane Ribeiro da Cunha, e um outro homem.

De acordo com os Bombeiros, as buscas começaram na manhã de sábado (7) e as equipes retornaram ao local do acidente durante a tarde. Um helicóptero do Núcleo de Operações Aéreas (NOA) chegou a ser usado.

Na sequência, um grupo dos Bombeiros tentou retomar as buscas por cinco pontos da região, mas não foi possível. Na manhã deste domingo os trabalhos foram retomados por volta das 7h e encerram no final da tarde. As vítimas ainda não foram localizadas.

O Corpo de Bombeiros informou que Clebson, a irmã e o homem estavam em uma pequena embarcação e teriam caído durante uma tempestade na noite de sexta, em uma área ribeirinha de Porto Velho, na região do Baixo Madeira.

Facebook Comments