Veja imagens da operação que prendeu conselheiro substituto do Tribunal de Contas de Rondônia

0
335

Quase 70 policiais, auditores, delegados e promotores foram destacados para o cumprimento das medidas cautelares de prisão e busca na Operação Fraus, desencadeada pelo Tribunal de Contas de Rondônia e Ministério Público do Estado (MPE). O conselheiro substituto Erivan Oliveira da Silva foi preso em casa, em Porto Velho, por determinação do juízo da 4ª Vara criminal da Comarca local. Ele foi afastado do cargo pela mesma decisão judicial e também após determinação da Corregedoria Geral do TCE-RO.