O Vasco fez sua parte e venceu por 1 a 0 o Madureira, nesta quinta-feira, em São Januário. Mesmo com o resultado, os cruzmaltinos foram eliminados da Taça Rio.

No outro jogo válido pelo grupo B, o Volta Redonda derrotou o Resende por 2 a 1, de virada, e confirmou a segunda vaga para a semifinal do segundo turno do Campeonato Carioca. O Fluminense terminou com a primeira colocação.

Os cruzmaltinos sofreram com a marcação do Madureira durante a partida e só marcaram o gol da vitória na parte final, com Germán Cano.

O JOGO

O Madureira começou a partida surpreendendo com uma postura ofensiva. Mesmo com o Vasco tendo mais posse de bola, os visitantes tentavam os contra-ataques.

Com dificuldade no ataque, o Vasco viu o Madureira desperdiçar grande chance aos 15 minutos. Em contra-ataque rápido, Ygor Catatau recebeu passe na pequena área, mas finalizou pela linha de fundo.

O susto fez o Vasco melhorar a marcação. No entanto, os donos da casa seguiam com problemas para transpor a defesa do Madureira. Os cruzmaltinos chegaram a colocar a bola na rede, aos 25 minutos, com Cano, mas o argentino estava impedido.

O panorama da partida continuou o mesmo até os minutos finais. O Vasco assustou aos 41 minutos. Após cobrança de escanteio, Ricardo Graça cabeceou sobre o travessão e assustou o goleiro Lucão.

O lance animou os cruzmaltinos, que passaram a criar mais jogadas. Na melhor chance, Benítez arriscou da entrada da área e obrigou Lucão a boa defesa. Assim, o confronto seguiu empatado até o intervalo.

No segundo tempo, o Vasco retornou com a intenção de abrir o placar e quase conseguiu logo aos três minutos. Após cruzamento, a zaga do Madureira cortou mal e Andrey chutou para grande defesa de Lucão.

Só que o Madureira respondeu aos 13 minutos. Nathan arriscou de fora da área, a bola desviou na zaga e assustou Fernando Miguel. O lance não intimidou o Vasco, que quase maercou em seguida, com Talles Magno e Bruno César.

Os donos da casa tiveram grande chance aos 18 minutos, quando Talles Magno achou Benítez na área. O argentino tocou, mas viu Lucão salvar o Madureira. Depois, foi a vez de Talles Magno chutar da entrada da área, mas parar no goleiro adversário.

A partir dai, o Vasco passou a chegar com mais facilidade. Tanto que aos 26 minutos, Andrey fez grande jogada e cruzou na cabeça de Germán Cano. Só que o artilheiro cruzmaltino mandou pela linha de fundo.

De tanto insistir, os donos da casa chegaram ao gol aos 38 minutos. O Vasco se aproveitou de um gol anulado do Madureira e iniciou a jogada com velocidade. A bola chegou em Raul, que tocou para Germán Cano na área. Desta vez, o argentino chutou para a rede.

Quase no mesmo momento do gol vascaíno, o Volta Redonda marcou o segundo gol no Maracanã. Com isso, os donos da casa deixavam de ter qualquer chance de avançar na Taça Rio.

Nos minutos finais, o Vasco ainda tentou ampliar o marcador, mas teve que se contentar com a vitória mínima na despedida da equipe no Campeonato Carioca.

FICHA TÉCNICA

VASCO 1 X 0 MADUREIRA

Local: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 2 de julho de 2020, quinta-feira
Hora: 20h (de Brasília)

Árbitro: Alexandre Vargas Tavares
Assistentes: Carlos Henrique Cardoso e Guilherme Vogas Tavares

Cartões amarelos: Ricardo Graça e Leandro Castán (Vaaco); Bruno e Nathan (Madureira)
GOL
VASCO: Germán Cano, aos 38min do segundo tempo

VASCO: Fernando Miguel, Yago Pikachu, Leandro Castán, Ricardo Graça e Henrique; Andrey (Marcos Júnior), Fillipe Bastos (Raul) e Martín Benítez (Claudio Winck); Talles Magno (Lucas Santos), Vinícius (Bruno César) e Germán Cano
Técnico: Ramon Menezes

MADUREIRA: Lucão, Rhuan, Marcelo Alves, Mário Pierre e Juninho; Thedesco, Larusso, Bruno (Pablo) e Douglas Cunha (Luam); Natha e Ygor Catatau
Técnico: Leandro Passos

Fonte: Netvasco

 

Facebook Comments