Vasco busca primeira sequência positiva para colar no G-4 e aliviar pressão

O Vasco não chegou à fase final do Campeonato Carioca, mas o desempenho em parte da competição virou referência e marcou o melhor momento do time na temporada. Foi também no torneio a última vez que o clube conseguiu uma sequência positiva. Desde então, a equipe de Marcelo Cabo não vence dois jogos seguidos.

Nesta quarta, às 19h, contra o Goiás, na Serrinha, o Vasco terá mais uma chance de conseguir uma sequência positiva. Após bater o Brusque por 2 a 1 no domingo, o clube busca a segunda vitória consecutiva para se aproximar do G-4 da Série B e aliviar a pressão sobre a comissão técnica. A gangorra dos últimos meses deixou Marcelo Cabo, por vezes, na berlinda. A irregularidade é um fato que preocupa e foi externado pelo departamento de futebol.

– Os fatores que causam a oscilação do Vasco no começo da Série B… A gente busca entender isso a todo momento. A gente dorme e acorda pensando nisso. O que a gente tem entendido é de que o Vasco não tem sequência de bons resultados para se fixar na tabela, mas também não temos uma sequência de resultados negativos, o que evidenciaria um cenário catastrófico. Os resultados não estão condizentes com o que temos de fazer como Vasco e com a expectativa e necessidade de todo mundo – analisou o diretor de futebol Alexandre Pássaro, na última sexta, antes da vitória sobre o Brusque.

Nos últimos 10 jogos, o Vasco teve quatro vitórias, dois empates e quatro derrotas (46% de aproveitamento). Na Série B, o aproveitamento é praticamente idêntico (47%). Em 21 pontos possíveis, o clube conquistou 10, com três vitórias, um empate e três derrotas. Oscilação que tem impedido o time de frequentar a parte de cima da tabela. Após vencer o Brusque, o clube saltou da 11ª para 6ª colocação. Uma vitória sobre o Goiás, nesta quarta, pode colocar o clube pela primeira vez no G-4.

– É lógico que a gente persegue ainda melhores resultados, uma sequência de resultados. O Vasco tem de parar de oscilar, isso nos custa na classificação – disse Pássaro.

Fonte: GE
Facebook Comments