A Usina Hidrelétrica Jirau doou em Porto Velho mais uma remessa de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para a Secretaria Municipal de Saúde reforçar o combate ao Coronavírus na capital e região. Dessa vez, foram doados milhares de EPIs categorizados em15 itens específicos para uso na prevenção e tratamento da COVID-19, como luva escudo, aventais e óculos de plumbifero.

A doação faz parte de uma série de medidas adotadas pela Usina Jirau que contribuem com o enfrentamento da doença, cuja iniciativa leva o nome de “Projeto PVH Contra o Coronavírus”, realizado por liberalidade da Usina Jirau e recurso financeiro captado junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Ao todo, já foram entregues 9.800 aventais, entre cirúrgicos e descartáveis, 6.500 unidades de SWABs para realização do teste da COVID-19 e 5 mil pares de luvas de procedimento cirúrgico. A distribuição desse material é feita nas 39 unidades básicas de saúde e 5 pronto-atendimentos que estão espalhados por todo o Município, incluindo as áreas rurais, de acordo com o mapeamento de consumo feito pela Semusa. São 3 mil profissionais da saúde atuando diariamente para atender a população de Porto Velho.

“Estamos atravessando um momento difícil onde a união do poder público com a iniciativa privada tem sido fundamental. E as doações que recebemos da Usina Jirau contribuíram para garantirmos mais segurança aos nossos profissionais de saúde e, consequentemente, um melhor atendimento ao cidadão que busca nossas unidades. Vamos continuar contando com essa parceria”, destaca a Secretária Municipal de Saúde, Eliana Pasini.

Para a Usina Jirau, a contribuição está entre as ações de responsabilidade social que a empresa exerce na região em diversas áreas. “Neste momento sensível em que todos estamos vivendo, sabemos da urgência do nosso apoio e por isso desenvolvemos esse e outros projetos junto ao BNDES voltados à saúde e ao bem-estar de todos”, afirma o Diretor Administrativo da Usina Jirau, Júlio Freitas.

Facebook Comments