Urgente! PT poderá deixar Fátima Cleide fora da disputa pelo Senado

0
1373
Fátima Cleide fora da disputa?


PORTO VELHO- Segunda colocada nas principais pesquisas de opinião pública, a pré-candidata ao Senado Federal, Fátima Cleide (PT), poderá ficar de fora da disputa. É o que foi parcialmente decidido ontem, na pré-convenção realizada na sede do partido em Porto Velho. De acordo com informações de bastidores, o presidente da sigla, deputado Lazinho da Fetagro, o ex-prefeito de Porto Velho, Roberto Sobrinho e o ex-deputado federal Padre Ton, estariam cogitando apoiar a candidatura do senador Acir Gurgacz (PDT) ao governo de Rondônia. O que significaria apoiar também  as candidaturas ao Senado de Jesualdo Pires (PSB) e Carlos Magno (PP), bem como a deputado federal de Nilton Capixaba (PTB), Lindomar Garçon (PRB), Jaqueline Cassol (PR), Mauro Nazif PSB) e Luiz Cláudio (PR).

Caso no próximo domingo, dia da convenção estadual do PT, seja confirmada essa coligação para lá de surreal, o PT deixará de lançar candidato ao Senado, bem como 80% de candidatos à deputados estaduais e federais.

“Foi o decepcionante resultado do encontro, do qual resultará que não teremos palanque e nem tempo de TV para defender Lula, será rifada a promissora candidatura de Fátima Cleide ao Senado e vários candidatos proporcionais ameaçam desistir de suas candidaturas”, lamentou Paulo Benito, que disputaria o governo de Rondônia.

“Não houve quórum dos delegados e a votação foi decidida pela Executiva onde o Padre Ton, como presidente em exercício, conseguiu a maioria dos votos (mesmo sob vaias e protestos da maioria da militância), com apoio decisivo do pessoal do deputado Lazinho, para nos levar para o palanque do de Acir Gurgacz”, contou Benito após a pré-convenção.

“Nunca é demais lembrar que Acir, Cassol, Capixaba, Lindomar Garçom, Luiz Cláudio votaram contra a Dilma no golpe e aprovaram todo tipo de ataques aos trabalhadores e ao povo como a reforma trabalhista, terceirização, venda do patrimônio público”, disse Paulo Benito, indignado.

Durante a pré-convenção houve bate-boca, empurra empurra e quase haviam tapas, socos e pontapés. A convenção do próximo domingo poderá ser uma das mais acirradas do partido. Há promessas de confrontos.

A pré-candidata ao Senado, Fátima Cleide, viajou na madrugada para São Paulo, onde relatará o ocorrido à Executiva Nacional. Ela disse que vai continuar conversando com os partidos de posicionamentos mais à esquerda para construir uma aliança que proporcione palanque para o candidato Luís Iácio Lula da Silva.

Fonte: Mais RO

Facebook Comments