Unidades de Saúde abrem as portas para vacinação contra a covid-19 e atualização de caderneta

A Prefeitura de Porto Velho ofertou no sábado (16) vacinas que protegem crianças e adolescentes de diversas doenças, entre elas, poliomielite, sarampo, catapora, caxumba e gripe, durante o Dia D da Campanha Nacional de Multivacinação. Também foi ofertada a vacinação contra a covid-19 ao público acima de 12 anos, em celebração ao Dia “V”. Todas as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) da cidade e nos distritos de Calama e Nova Califórnia abriram suas portas das 8h às 17h para atender o público.

Ao todo, foram aplicadas 14.971 vacinas. Contra a covid-19 foram 11.432 doses, destas, 432 no distrito de Nova Califórnia. Já a campanha de Multivacinação contabilizou 3.539 doses aplicadas.

De acordo com a titular da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), Eliana Pasini, Porto Velho já vem realizando diversos eventos em dias de sábados e, desta vez, foi feita a adesão à campanha nacional e a abertura das UBSs para atualização de caderneta de vacinação de vários públicos.

“A gente está fazendo uma atualização de todas as vacinas e atendendo todas as pessoas nas Unidades que ainda não se vacinaram, que estão atrasadas ou que está próximo do período de vencimento de prazos”, disse Eliana ao lembrar que, ao todo, são 18 vacinas, além dos imunizantes contra a covid-19.

No que se refere à campanha de multivacinação, o Ministério da Saúde definiu que a população de até 15 anos tem até o dia 29 de outubro para tomar as vacinas pendentes.

PREVENÇÃO

Eliane Vieira Pimentel, moradora do bairro Ulisses Guimarães, precisou levar a sua filha, Kassianny Daniely, 11 anos, para atualizar a caderneta de vacinação. Ela tomou três doses: HPV, Meningite e Influenza. “Sabemos que é melhor prevenir e, com essa oportunidade, a gente veio. Com a doença a gente não pode brincar”, disse.

ANTECIPAÇÃO

Com a possibilidade de antecipação da 2ª dose do imunizante da AstraZeneca, o motorista Eudes Sobreiro dos Santos, morador do bairro Ronaldo Aragão, viu uma oportunidade. “Agora posso ficar mais tranquilo com a segunda dose. Espero que isso [pandemia] passe logo e que todos consigam se vacinar”, falou Eudes.

Lucimar Basso, diretora da Unidade de Saúde da Família (USF) José Adelino da Silva, localizada na zona Leste, informou que o atendimento das salas de vacinação que funcionam das 8h às 12h, durante a semana, nunca parou. “Nunca deixamos de fazer a atualização da caderneta nos demais dias. Neste momento, é muito importante àqueles que não conseguem durante a semana, ou seja, os pais que trabalham”, lembrou. Ela acrescentou ainda que não se pode esquecer-se das outras doenças em tempos de covid-19.

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

Facebook Comments