Transporte escolar: Hildon Chaves reitera que a Prefeitura terá frota própria

Durante coletiva de imprensa nesta sexta-feira (22), o prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves, reiterou que vai resolver definitivamente o problema do transporte escolar e se livrar de uma vez por todas do que chamou de ‘máfia’ das empresas que operam no Município. “Eu vou resolver esse problema, mas da maneira correta”, disse.

Ele informou que na terça-feira (19), o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) publicou a ata de registro de preços para aquisição de ônibus escolares e no dia seguinte, a Prefeitura formalizou sua adesão a essa ata, o que possibilita a compra de 145 ônibus para frota própria sem licitação e por um custo cerca de 50% mais barato.

“Nós queremos transportar nossas crianças com ônibus novos, próprios para isso, com dignidade. É para isso que nós aderimos a essa data e vamos comprar até o início do ano letivo que vem os 145 ônibus e mais alguns de reserva. Essa é a nossa proposta”, pontuou.

Sem contrato

Sobre a garantia do transporte escolar para este ano, por parte da Prefeitura, Hildon Chaves esclarece que, com as recentes decisões e orientações da justiça e do Ministério Público (MP), o Município nada mais pode fazer em relação ao transporte escolar.

“Agora recente houve uma decisão judicial devolvendo para o Estado a gestão, só que, quando a intervenção foi suspensa nós acatamos as recomendações do judiciário e do MP e encerramos o contrato vigente. Hoje nós não temos contrato e não tem como fazer uma contratação emergencial nesse momento”, acrescentou.

Reposição

A solução para os estudantes, disse o prefeito, é repor o restante do conteúdo deste ano ao longo de 2020, conforme programação já elaborada e aprovada pelos Conselhos Municipal e Estadual de Educação, sem que haja qualquer prejuízo aos alunos.

Fonte: Comdecom

Facebook Comments