FOTOS-DAS-FOTOS-DA-EXPEDIÇÃO-RONDON-EM-30.04.15-KNIGHTZ-036-370x555Moradores de Porto Velho terão a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre a vida do  Marechal Cândido da Silva Rondon através de fotografias e de frases por ele citadas, que estarão na exposição que será aberta hoje, dia 5 no Porto Velho Shopping. O evento é promovido pelo governo de Rondônia em parceria com os Correios, Porto Velho Shopping e 17ª Brigada de Infantaria de Selva.

O material fotográfico será exposto em tapumes em pontos estratégicos  do shopping. “Vamos apresentar o DNA de quem vive em Rondônia”, declarou o curador da exposição, professor e historiador Aleks Palitot. As fotos e frases foram coletadas  do livro escrito por Esther de Viveiros, Rondon conta sua vida, obra que ele mesmo pormenorizou para a escritora. “Foi preciso um trabalho de arqueologia para selecionar cada peça da exposição”, explica o professor. Para ele é preciso que se compreenda que Rondon não foi apenas o responsável pela linha telegráfica que ligou Rondônia a todo o Brasil, mas que o trabalho dele foi fundamental para a nação.

Descendente de índios da tribo Bororo, de Mato Grosso, o Marechal Rondon conseguiu se aproximar e interagir com os povos indígenas sem confrontos, desenvolvendo a primeira política indígena brasileira. Mas sua ação não se restringiu a Amazônia, atuou  de Norte a Sul do país, como em Santa Catarina e em Roraima, lembra Palitot. “Tudo que fez foi com patriotismo e muito amor”.

O legado deixado por Rondon fez dele um ícone da comunicação, mesmo quando não se tinha ideia do que seria isso. Uma prova de que ele andava a frente do seu tempo.  “No seu tempo, Rondon levou a modernidade para a floresta com equipamentos que então eram de última  geração e que sequer era encontrada no Brasil. Na época, operadores dos equipamentos foram fazer curso nos Estados Unidos”, ressalta Palitot.

Em maio, comemora-se o 150º aniversário de nascimento de Rondon, mas no  dia 1º de janeiro deste ano foi o primeiro centenário da ligação das linhas telegráficas de Santo Antônio  com Cuiabá, no Mato Grosso.  Em celebração ao feito, a localidade de Santo Antônio vai ter um memorial em homenagem a Rondon, previsto par ser inaugurado no final deste ano.

“Morrer se preciso, matar nunca”. A frase celebre de Rondon é uma das muitas que estarão expostas no shopping. Onde muitos adjetivos dados ao desbravador também estão anotados. Para o professor Aleks Palitot é um momento importante para a população conhecer uma das personalidades mais importantes que esteve em Rondônia e que fez muitas  coisas por ela. Personagens como Ruy Barbosa, o presidente americano Theodore Roosevelt, os irmãos Villas Boas estão entre os que Rondon trouxe a Rondônia.

HOMENAGEM

Na terça-feira (5), dia em que se comemora 150 anos de marechal Rondon, o governo de Rondônia em parceira com os Correios, Porto Velho Shopping e 17ª Brigada de Infantaria e Selva realiza a abertura de uma exposição sobre Rondon e o lançamento do selo comemorativo. O evento, que será às 16h, no Porto Velho Shopping, é gratuito e aberto à população.

VEJA MAIS:

Governo e parceiros lançam programação em homenagem a Rondon

Pesquisador afirma que Rondon foi “o homem certo, no local certo”

Governador destaca importância de marechal Rondon

Estação telegráfica cede lugar ao Museu das Comunicações, em Ji-Paraná

Marechal Rondon terá um memorial em Porto Velho


Fonte
Texto: Alice Thomaz
Fotos: Daiane Mendonça
Decom – Governo de Rondônia

 

Facebook Comments