21 C
Porto Velho
sexta-feira, agosto 12, 2022

Buy now

spot_img
spot_img

Tom Zé a jornal de Portugal: “Hitler está vivo no Brasil. São os que estão no poder”

Tom-Zé-no-festival-MimoO músico Tom Zé, que abriu o festival do Mimo, em Amarante, Portugal, afirmou em uma entrevista exclusiva ao jornal português Diário de Notícias que todo mundo no Brasil sabe que o impeachment de Dilma Rousseff (PT) é um golpe de Estado.

“Minha filha, realmente é um golpe, todo o mundo sabe. A gente vive uma ditadura mascarada. [É] Um governo fazendo tudo o que uma democracia não faz e que não quer ser chamado de ditadura. Todo o dia mudam a acusação [contra Dilma], agora no Senado disseram que ela não tem nada com pedaladas fiscais [a deliberação veio do Ministério Público Federal, em relação ao caso Safra, onde foi decidido não existir crime do governo de Dilma]. Se muda a acusação têm de tirar todo o processo de impeachment”, afirmou durante a entrevista.

Tom Zé, que tem 80 anos, e era um garoto durante a II Guerra Mundial, também ressaltou a origem da influência fascista do Brasil. E disse que os nazistas estão no poder no Brasil. “Quando ia começar a [II] Guerra, todo o mundo que era contra Hitler foi para o Brasil, para pular. Depois da guerra, os fascistas que não foram mortos foram para América do Sul, que era a mesma coisa que ir para fora do mundo. O Brasil está entupido de Hitlers, de fascistas. Lá, essa penada que você ouve é Hitler falando no Brasil, Hitler está vivo no Brasil. São os que estão no poder”, disse.

Para ele, o combate a esse fascismo vem da tradição da música popular brasileira. “E um dos responsáveis por essa assistência imunológica é a obra dos cantores, esse lastro deixado por eles, por Chico Buarque e tal. Tem uma coisa que é uma espécie de anticorpo fascista”.

Related Articles

REDES SOCIAIS

0FansLike
3,430FollowersFollow
0SubscribersSubscribe
- Advertisement -

Latest Articles