Roberto Sobrinho vai apanhar muito mas está preparado
Roberto Sobrinho vai apanhar muito mas está preparado
Começou a guerra pela sucessão e ou continuidade da administração Mauro Nazif (PSDB) à prefeito de Porto Velho. O prefeito vai receber ataque por todos os lados. Mauro Nazif vai ser questionado, por exemplo, sobre a promessa não cumprida de terminar as obras dos viadutos, só para começar. Mauro Nazif terá que melhorar a defesa dele senão vai levar muitos gols.

Quem vai levar umas boas saraivadas será o candidato do PMDB, Williames Pimentel, que nunca exerceu cargo eletivo, mas mostra desenvoltura de um político experiente. A breve detenção dele na PF será bastante utilizada pelos adversários. Quem vai apanhar muito é o ex-prefeito de Porto Velho, Roberto Sobrinho (PT). Por ser petista e por, também, ter sido detido por algumas horas, sendo inocentado depois. É dos líderes nas pesquisas. Já o candidato Léo Moraes (PTB), o mais jovem entre eles, não deverá adotar o ataque como estratégia, mas mostrar projetos e propostas para melhorar Porto Velho.

Os demais candidatos, Ribamar Araújo (PR), Pimenta de Rondônia (PSOL) e Hildon Chaves (PSDB) vão se preocupar em andar pelas ruas e bairros em busca de serem mais conhecidos e assim conquistar o eleitorado.

calendario-eleitoral-curvas-desk

Pela primeira vez sem financiamento empresarial e com o tempo de campanha reduzido de 90 para 45 dias, os candidatos apostam em criatividade e “sola de sapato”

Facebook Comments