Um homem, identificado como João Aldair Neves, de 51 anos de idade, conhecido como “professor João”, foi morto depois de entrar em confronto com a Polícia na tarde de domingo (16) na linha Castanheiras, área rural de Buritis, município da região do Vale do Jamari. Um policial foi atingido na região do quadril, e o quadro de saúde dele, é estável.

De acordo com as informações, a Policia Militar foi solicitada via 190, no inicio da tarde de domingo, para comparecer ao local, onde uma pessoa teria atirado contra um caminhão boiadeiro e atentado contra a vida do motorista que conseguiu fugir e acionar a polícia.

Ao chegar, os policiais militares foram recebidos a tiros por João Aldair Neves, mais conhecido na cidade como professor João, em uma guarita montada pelo mesmo na entrada de sua propriedade.

Ainda de acordo com as informações, ao atirar contra a guarnição, empreendeu fuga pela mata. Quando os policiais adentraram, no intuito de prendê-lo, pediram para que se entregasse, mas ele continuou atirando contra os policiais que, revidaram os ataques.

Após intenso tiroteio, um policial foi atingido por um tiro na região do quadril, e posterior a policia também veio a atingir o agressor. Ambos foram conduzidos ao Hospital Regional, onde o Policial, após exames, encontra se fora de perigo de morte, já o professor João veio a óbito no hopital.

Após uma varredura pela propriedade, os policiais Civis e Militares encontraram várias armas de fogo, facões, uma machadinha e muitas munições de calibres variados.

O armamento e as munições foram apresentadas na Delegacia de Policia Civil, onde esta sendo confeccionado o boletim de ocorrência, para que sejam apurados os fatos.

Segundo informações, o mesmo já  vinha apresentando problemas psicológicos a algum tempo.

Fonte: Viarondônia

Facebook Comments