Termo de Cooperação entre Seas e Emater estende programa “Mamãe Cheguei” para gestantes da zona rural

As futuras mamães que se encontram em vulnerabilidade social na zona rural, contam agora com mais uma fonte de apoio para ter os seus bebês com mais tranquilidade. O programa “Mamãe Cheguei”, do Governo de Rondônia, coordenado pela Secretaria de Estado da Assistência e do Desenvolvimento Social (Seas) chegará ao campo, por meio das ações executadas pela Entidade Autárquica de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater). O Termo de Cooperação entre as duas instituições já foi assinado e beneficiará as futuras mamães nos 52 municípios do Estado.

O kit enxoval do “Mamãe Cheguei” contém 19 peças necessárias à futura mamãe e seu bebê. A proposta é direcionada às gestantes inscritas no cadastro único e acompanhadas pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e pelo programa federal “Criança Feliz”, que sejam beneficiárias do programa Bolsa Família e que, nos seus municípios, sejam acompanhadas pela equipe dos Centros de Referência da Assistência Social (Cras).

A ideia é que as gestantes que se encontram em vulnerabilidade social, possam ter acesso aos itens mínimos necessários à higiene e conforto ao recém-nascido. Por meio do programa, a futura mamãe também terá acesso às consultas de pré-natal, garantindo assim, o fortalecimento do vínculo socioafetivo e qualidade de vida no período gestacional.

Até então, o “Mamãe Cheguei”  vinha sendo desenvolvido prioritariamente no perímetro urbano, em parceria com as prefeituras que firmaram termo de adesão com a Seas. Essas prefeituras designaram um técnico da Assistência Social para coordenar o programa em sua cidade, efetuando o cadastramento e atualizando o registro das gestantes que se enquadram no perfil do programa.

A parceria com a Emater vai permitir que o programa chegue também à zona rural. Atuando nos 52 municípios do Estado e com uma capilaridade muito grande no meio rural, os extensionistas vão levar às futuras mamães do campo os mesmos benefícios concedidos na zona urbana.

Além de receberem toda orientação necessária para ter o seu bebê com tranquilidade e segurança, como por exemplo, informação sobre a importância do aleitamento materno, cuidados com o bebê, planejamento familiar, vacinações, doenças, nutrição e demais assuntos, as gestantes vão receber o kit enxoval. Após o nascimento do bebê, a mamãe deverá apresentar a certidão de registro da criança, a fim de complementar o seu cadastro.

O apoio ao desenvolvimento da primeira infância é uma das políticas públicas de bem-estar social da família, desenvolvida pela Seas. A Emater já desenvolve ações de bem-estar social e econômico às famílias do campo, por meio das políticas de desenvolvimento rural. Unir as duas atividades em prol da família de Rondônia, seja no campo ou na cidade, será de grande importância para garantir a dignidade e a qualidade de vida dessas futuras mamães.

Para saber mais detalhes sobre o programa, acesse o caderno de orientações Mamãe Cheguei.

 

Fonte: Secom – Governo de Rondônia

Facebook Comments