sescO grupo Movimento, Arte, Pesquisa e Investigação Teatral, o MAPI, entrou em temporada neste mês de abril com a peça “A Feiticeira” no Teatro 1 do Sesc Esplanada em Porto Velho. O espetáculo está sendo apresentado às quartas-feiras às 20 horas desde o último dia 02 no Teatro 1 do Sesc Esplanada. A entrada é gratuita, mas o Sesc estará recebendo doações de alimentos não perecíveis para os desabrigados pela enchente do Rio Madeira. A próxima apresentação do grupo acontece amanhã (16).

 

O evento faz parte do projeto “Teatro em Cartaz” do Sesc em Rondônia, que além oferecer ao público apresentações artísticas, também estimula e valoriza as produções locais. “Durante um mês, o grupo que é selecionado através de edital, tem a oportunidade de divulgar seu trabalho aqui no Sesc. A Feiticeira será apresentada nos dias 02, 09, 16, 23 e 30 de abril” destacou o coordenador de cultura do Sesc, Fabiano Barros.

 

O espetáculo é um monólogo e conta a história de uma mulher que, ao ajudar as pessoas com ervas medicinais, acaba sendo julgada e morta. Como um espírito errante, tenta contar como foi a experiência e suas desventuras.  A peça foi inspirada no “O Retábulo da Peste”, do dramaturgo e cineasta sueco Ernst Ingmar Bergman. A personagem será interpretada pela atriz Thaís Thaianara. A direção é de Elcias Villar.

 

Sobre o MAPI

 

O grupo foi formando em 2011. “O Pastelão e a Torta” foi o primeiro trabalho apresentado pelo MAPI, através do projeto Teatro em Cartaz do Sesc em 2012. Já trabalharam com o “Juiz de Paz da Roça”, “Mapim e Curupira em: O caso do Saco Plástico” e também apresentaram o espetáculo infantil “Dindo e Tonton” no Palco Giratório do ano passado. Em 2013 estrearam a peça “A Feiticeira” no projeto “Terças e Quintas Cênicas” da Unir.

Facebook Comments