Foto: Divulgação

Lorenzo Souza Costa, de 03 anos, nasceu com Crânioestenose, uma deformidade progressiva que atinge a cabeça do bebê. Segundo os pais da criança, Marcos e Hendiara, o pequeno Lorenzo já deveria ter passado por cirurgia entre os 04 meses e um ano de idade.

O problema é que em todos os exames realizados em Porto Velho, os médicos teriam dito que o formato da cabeça da criança era normal e a deformidade aparente seria algo comum. Uma das justificativas para a Assimetria craniana e facial (nariz torto) seria consequência de um posicionamento errado durante a gravidez, e que o problema não teria consequências mais graves.

Como a situação se agravou, a família foi consultar em uma clínica especializada em São Paulo e descobriu que Lorenzo teve fechamento precoce da sutura esquerda. A caixa craniana se fechou antes do tempo normal de crescimento. O problema só pode ser resolvido através de cirurgia que custa cerca de R$ 198 mil.

Situação pode agravar

Se não operar, Lorenzo corre o risco de ter pressão intracraniana, problemas de visão, respiratórios (com desvio de septo), estrabismo e deformidade facial. De acordo com os exames realizados pela criança, faltam 10 centímetros para a cabeça crescer até o tamanho normal. Após isso, o menino poderá ter sérias complicações ao longo da vida.

Ajuda humanitária

Os pais não tem dinheiro para a cirurgia e pedem ajuda. Quem quiser depositar qualquer valor para ajudar na operação de Lorenzo pode fazer nas seguintes contas.

Banco Pan, Ag: 0001 Cc: 010763347-9
Em nome de Hendiara Cordeiro Costa – CPF 006393842 18

Banco Bradesco, Ag 1630 Cc 1000451-9
Hendiara Cordeiro Costa – Quem tiver PIX a chave é o mesmo número do CPF de Hendiara, 006.393.842-18, onde é possível transferir o valor de qualquer banco

Banco do Brasil, Ag 3286-7 Cc 22061-2
Mara Lins dos Santos Cordeiro Costa CPF 2430016522 68

Fonte: Rondoniaovivo
Facebook Comments