Setor Imobiliário Brasileiro esta se equiparando a mercado mais maduros

Especialista acredita que o Brasil recuperou a defasagem e há oportunidades atrativas para profissionais qualificados no mercado. O mercado imobiliário brasileiro após anos de estagnação passou por uma curta fase de ajustes e euforia para então chegar ao momento atual, caracterizado por compradores, crédito disponível e imóveis à venda. Mas sair correndo para comprar imóveis porque os preços irão subir ou as unidades se esgotarem já não é mais uma realidade.

“Não acredito em baixa de preços, mas já recuperamos a defasagem e já estamos equiparados a outros mercados mais maduros”, afirma Daniel Rosenthal, CEO da Taurus Marketing- empresa especializada em marketing imobiliário. Os profissionais que “são” e não apenas “estão” corretores de imóveis podem se tranquilizar, diz o especialista, em seu blog. “O Programa Minha Casa Minha Vida que atua na base da pirâmide socioeconômica, impulsiona as demais camadas e faz com que o mercado se movimente como um todo. Costumo dizer também que todo mundo está sempre pensando em comprar um imóvel, seja a primeira moradia, outra maior, uma segunda residência, um ponto comercial ou simplesmente para fazer um investimento”. Sociedade ainda precisa de conscientização Porém, nem tudo são flores no setor imobiliário. Pesquisa realizada pela Proteste – Associação de Consumidores, afirma uma pessoa que decide fazer a transação sozinha demorou oito meses e 10 dias, em média, enquanto que aquele que opta por uma imobiliária demora oito meses e 24 dias, em média, ou seja, a diferença de tempo foi de 14 dias. Apesar de ainda haver pessoas que preferem negociar e comprar por conta própria, Rosenthal se diz otimista com o mercado. “Fico satisfeito ao saber quantas oportunidades existem para os bons profissionais e empresas alinhadas com a permanente qualificação e preocupação em atender bem seus clientes”, afirma.   Fonte: REDIMOB

Facebook Comments