Serviço de telefonia e dados é utilizado para reduzir custos na administração estadual

Sistema é administrado pela Secretaria de Assuntos Estratégicos
Sistema é administrado pela Secretaria de Assuntos Estratégicos
Sistema é administrado pela Secretaria de Assuntos Estratégicos

A Central de Atendimento ao Servidor (CAS) do sistema VoIP, que atende 24 horas os órgãos  do governo de Rondônia, está funcionando com seis atendentes treinados para prestar esclarecimentos, agendar instalações e atendimentos técnicos e facilitar a vida  dos usuários.

O engenheiro de telecomunicações e responsável pela integração do sistema de voz, Fábio Folly, explicou que viajou a Brasília a serviço e necessitou fazer diversas chamadas locais e interurbanas utilizando a rede VoIP via Internet e todas foram feitas sem custo algum para o Estado e para Fábio.

Os serviços cobertos pelo VoIP -administrados pela Secretaria de Estado de Assuntos Estratégicos (Seae), via Diretoria Executiva de Tecnologia da Informação e Comunicação (Detic) –  são muitos e podem ser solicitados gratuitamente pelos telefones convencionais: 69 3216-3216, 3216-1028 e pelo VoIP: 4000.

Os serviços oferecidos são: chamadas externas; caixa postal; siga-me; salas de conferência; criptografia; chamadas de VoIP para VoIP gratuitas; chat; VoIP no celular para todo tipo de chamadas internas ou externas, de qualquer operadora comercial; atendimento eletrônico e suporte técnico.

Geilma-v1

Geilma Fernandes de Brito, analista de sistemas e gerente de desenvolvimento da central de atendimento VoIP, está sempre monitorando o sistema e conta que “dias atrás substitui uma atendente no horário do almoço e recebi uma ligação de um servidor da Seduc, solicitando a instalação de um terminal VoIP em seu telefone celular. Passei o pedido para o setor técnico e no outro dia ele me ligou agradecendo via VoIP. Isso é uma maravilha!”, comemora a analista.

COMO FUNCIONA

Nos órgãos do governo o sistema funciona com outras opções, além do canal de voz. Em um smartphone, o telefone é apenas um dos serviços oferecidos. As mensagens de texto (e-mails e redes sociais) e as imagens (fotos e vídeos) são os mais procurados e desejados. Por isso no serviço público o quesito comunicação é levado tão a sério, pois é através da disseminação da informação que se administra e se tomam decisões fundamentais para a melhoria da qualidade de vida de todos os cidadãos.

E-mails, redes sociais, textos, planilhas e pesquisas, assim como imagens (documentos e exames, por exemplo) são largamente utilizados na administração pública, não só pela rapidez no envio e consulta, mas também pelo baixo custo e, principalmente, facilidade de manuseio. Governar sem informação eletrônica hoje é impensável.

Para reduzir custos, o governo optou por essa nova tecnologia que resolve grande parte dos ‘gargalos’ eletrônicos, o Voice over Internet Protocol (VoIP), ou a Telefonia de voz sobre Protocolo de Internet, que é a telefonia que roda sobre a rede de dados.

Fábio Folly afirma que, com a interconexão entre as plataformas, os chips 3G e os links E1 (padrão de linha telefônica digital europeu usado no Brasil) das operadoras comerciais se consegue fazer estes telefones, que só falam de VoIP para VoIP, se comunicarem com toda a telefonia convencional.

Fábio explicou ainda que com a adesão de todos os servidores ao sistema, a economia será grande, haverá  maior segurança nas ligações e aumento na velocidade nas transmissões de dados e voz.

Fonte
Texto: Marco Aurélio Anconi
Fotos: Marco Aurélio Anconi
Decom – Governo de Rondônia

Facebook Comments