PORTO VELHO- A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) definiu na quinta-feira (6) os mandos de campo da semifinal da Copa Verde. O Santos-AP e Rondoniense irão abrir os duelos contra o Paysandu e Luverdense-MT, respectivamente, no dia 16 de abril.

Uma vergonha Porto Velho não possuir um estádio que possa receber jogos de campeonatos nacionais. O artigo 18 do regulamento da Copa Verde prevê jogos dessa fase em estádios com no mínimo 10 mil lugares. Esta é a razão para que o primeiro joga da semifinal  entre Rondoniense-RO e Luverdense-MT seja no estádio Arena da Floresta, em Rio Branco (AC), dia 16 de abril. A partida de volta será no Mato Grosso, no dia 19.

O vice-governador de Rondônia, Daniel Pereira (PSB) se manifestou pelas redes sociais sobre a falta de um estádio com capacidade de pelo menos 10 mil lugares. “Já entramos em contato com a CBF para propormos mudanças nessa regra, que é a mesma para as competições feitas em outras regiões do país, com clubes seculares e estádios construídos para populações enormes”, disse Pereira.

Pelo atual critério da Copa Verde dois estados não poderão ter mando de campo local, o  Rondoniense e o Santos, do Amapá. “Vamos tentar mudar isso”, prometeu Daniel Pereira.

 

Facebook Comments