O secretário da Educação (Seduc), Suamy Vivecananda, disse no Plenário da Assembleia Legislativa, terça-feira (29), que o Governo está implantando neste mês de agosto o piso salarial (R$ 2.886,24 do Ministério da Educação) dos professores da rede estadual, e que vai pagar retroativamente a diferença salarial imposta pela implantação do piso.

O tema piso salarial se arrastava desde de janeiro a depender de uma decisão governamental.

Vivecananda assegurou ainda que está nos planos da Seduc a ampliação do serviço de segurança nas escolas, começando pelas que apresentam os maiores índices de insegurança – violência, furtos e assaltos. Atualmente apenas 40 escolas da rede estadual dispõe do serviço de segurança, e é este número nos níveis da segurança que a Seduc prometeu ampliar, estendendo esta ação para outras escolas.

O secretário não deu ou previu uma data para o retorno presencial das aulas no Estado, o que só será possível, segundo suas explicações, após o pico das ocorrências dos casos de Covid-19, com a consequente queda dos índices de contaminação pela doença no Estado.

Fonte: Mais RO

Facebook Comments