Samuel Costa sai em defesa do trabalhador vítima de tortura em seu ambiente de trabalho em Porto Velho

Um empresário proprietário de uma renomada casa de carne situada na Zona Leste de Porto Velho agrediu um de seus funcionários e o fato está ocasionando uma revolta dos trabalhadores açougueiros.

O advogado, professor e jornalista Samuel Costa denunciou nesse sábado (30) em suas redes sociais uma cena lamentável que ocorreu em uma casa de carne situada no município de Porto Velho (RO).

Veja o post: https://www.facebook.com/100028735452024/posts/682211146080061/?d=n

“Isso é uma selvageria sem precedentes! Inaceitável ver tamanha sandice e insensatez! O trabalhador hipossuficiente não pode ser humilhado e judiado! Nao podemos aceitar isso como fatalidade. Cadeia pra esse empregador tirano, torturador e carrasco!

O Artigo 5° da DUDH dispõe que “Ninguém será submetido à tortura nem a penas ou tratamentos cruéis, desumanos ou degradantes”. Espero que os órgãos de controle e fiscalização a exemplo do MPT, MPE, OAB, PC, PF e TRT tomem as devidas providências! Registro minha solidariedade ao trabalhador açougueiro vítima de agressão, abusos, tortura e assédio em seu ambiente de trabalho em Porto Velho (RO)”.

Samuel Costa

Facebook Comments