Devastated area by forest fire in the Amazon, Acre, Brazil.

Temas relevantes que vão ao encontro da regularização, da proteção e da sustentabilidade relacionadas ao desenvolvimento rural e ao meio ambiente foram apresentados nesta quarta-feira (23), na abertura do segundo dia do Fórum de Sustentabilidade na Agricultura da Região Amazônica (Agrolab). O diretor-presidente da Entidade Autárquica de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Rondônia (Emater-RO) e, também, vice-presidente da Associação Brasileira das Entidades de Assistência Técnica e Extensão Rural (Asbraer) para a região Norte do país, Luciano Brandão deu início às discussões.

O Fórum de Sustentabilidade, assim como o Seminário Virtual de Ater, realizado no dia 22, integram a programação do Agrolab Amazônia, feira virtual que está inovando a forma de se fazer o agronegócio no país. Luciano Brandão mediou as apresentações, buscando consolidar os temas discutidos.

No evento da terça-feira (22), técnicos elaboraram a Carta Amazônia que levantou oito temáticas a serem trabalhadas para o desenvolvimento da agricultura regional e nacional, em especial pelos serviços de assistência técnica e extensão rural na Amazônia legal. “Esse é o caminho para que o produtor rural, a família rural, possa ter mais acesso às políticas públicas”, afirma Brandão.

Os temas discutidos nesta quarta-feira foram: Regularização Fundiária, apresentado pelo presidente da Asbraer, Nivaldo Moreno de Magalhães; Agricultura Familiar, com o secretário de agricultura familiar e cooperativismo do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (Mapa), Fernando Schwanke e Marco Pavarino; Papel da Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater) na promoção da sustentabilidade, proferida pelo presidente da Agencia Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural (Anater), Ademar Silva; e Queimadas ilegais e meio ambiente, com o secretário do meio ambiente do Amazonas, Eduardo Taveira.

Na oportunidade, o superintendente do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-RO), Daniel Pereira, fez um panorama sobre o desenvolvimento agropecuário de Rondônia e da Amazônia e falou da parceria da Asbraer e da Emater-RO com o Sebrae para a realização do Fórum de Sustentabilidade na Agricultura da Região Amazônica (Agrolab Amazônia).

Sobre os temas a serem debatidos, Brandão considerou de grande importância para vencer os desafios apresentados na região amazônica e para a contribuição do desenvolvimento das famílias com sustentabilidade e responsabilidade. “Identificar as pessoas detentoras do título definitivo, dar a elas a posse definitiva de suas terras e trabalhar segundo as premissas do código florestal, vai contribuir para evitar, inclusive, a proliferação de queimadas e outras situações que hoje podem prejudicar a sustentabilidade da Amazônia.

Fonte: Secom

Facebook Comments