Confúcio e Daniel Pereira, ex-governadores de Rondônia
PORTO VELHO-Hoje serão conhecidos os índices do IDEB – Indice de Desenvolvimento de Educação Básica, que mede o desempenho das escolas de ensino fundamental e médio no Brasil, das redes privadas e públicas, em escolas particulares, municipais e estaduais, avaliação de 2019.
Esse modelo de avaliação começou em 2005, promovendo em todos os anos ímpares ( 2005/2007/2011/2013/2015/2017/2019) provas de conteúdos de língua portuguesa e matemática, aplicadas aos alunos dos quinto e nono anos do ensino fundamental e terceiro ano do ensino médio, além de levar em consideração outros fatores, como taxa de aprovação anual, evasão escolar, distorção idade e série estudada).
Não é um sistema perfeito mas é o único que existe dentro do nosso país, que é nacional, tratando “todos os brasis” com igualdade, quanto ao desempenho da educação. Em sete avaliações observa-se que o Brasil avançou consideravelmente na séries iniciais do ensino fundamental ( quinto ano), pouco avançou nas séries finais ( nono ano) e está quase estacionado na avaliação final do ensino médio.
Na última avaliação conhecida ( 2017), a educação pública em Rondônia ficou assim posicionada, quanto ao Brasil:
1. Ensino Médio, 4° colocado nacional, dividindo a posição com os estados de São Paulo e Ceará).
2. Ensino Fundamental II, 2° colocado nacional, perdendo apenas para o campeão nacional, o Estado de Goiás.
3. Ensino Fundamental I, temos duas posições, uma da rede municipal e outra da rede estadual.Nas redes municipais éramos o oitavo nacional e na rede estadual, o sexto.
E agora, em 2019, como ficamos? Avançamos? Melhoramos? Pioramos? Estacionamos?
A educação brasileira e, particularmente a de Rondônia, nas redes municipais e estadual, mostrarão histórias diversas.
Segundo fontes, o IDEB de Rondônia que deverá ser divulgado ainda hoje, vai apontar queda na avaliação na capital e em alguns municípios de Rondônia devido a falta de investimentos no setor neste governo Marcos Rocha. Conquistas dos governos Confúcio Moura e Daniel Pereira podem ter ido por águas abaixo. O Mais RO publicará o resultado do IDEB assim que estiver disponível.
Fonte: Mais RO
Facebook Comments