Rondônia conquista ouro no ciclismo no primeiro dia dos Jogos Escolares da Juventude, em Natal

0
141
Abertura dos Jogos Escolares da Juventude em Natal


O atleta Orlando Neto, do ciclismo da escola Ricardo Catanhede, de Ariquemes, ganhou a primeira medalha de ouro para Rondônia na 13ª edição dos Jogos Escolares da Juventude (JEJ), que acontece até o próximo dia 25, em Natal (RN). Alunos-atletas de outras cinco modalidades competem simultaneamente nesta terça-feira (13). Até o próximo dia 25, o maior evento esportivo movimentará mais de 5 mil estudantes de todo Brasil em 14 modalidades individuais e coletivas.

“Na prova de contrarrelógio sou o melhor do Brasil!”, disse o medalha de ouro logo após vencer a prova que contou com representantes de 24 estados brasileiros. A premiação ocorreu em cerimônia oficial na noite de terça-feira. Orlando Neto ainda tem mais duas chances de pódio, na quarta e quinta-feira nas provas estrada e australiana, respectivamente. “O atleta veio bem preparado e encarou a prova como um dos maiores desafios da vida dele”, disse o técnico do garoto, o professor Allan Barboza.

As equipes masculina e feminina, do vôlei de praia, de Vilhena, não tiveram a mesma sorte. Os garotos perderam para Goiás e as meninas para a equipe da Paraíba, ambas por 2×0. Apesar dos resultados negativos, as duas equipes ainda têm chances de se classificarem à próxima fase.

“Ainda estamos no páreo. A competição está apenas no começo”, disse o atleta vilhenense Daniel. Erique, o parceiro dele na areia, atribuiu o resultado negativo na estreia ao cansaço físico da viagem. “Vamos reagir na partida da tarde”, anima o atleta, que tem como adversários os atletas do Sergipe.

Para competir em Natal, os rondonienses foram classificados nas etapas estaduais dos Jogos Escolares de Rondônia (Joer). Rondônia participa no vôlei de praia, ciclismo, natação, ginástica rítmica, tênis de mesa e xadrez.

Orlando Neto, de Ariquemes, ao chegar em primeiro lugar no Joer, em Vilhena

Em novo formato, os Jogos Escolares da Juventude foram divididos em três períodos. O primeiro com seis modalidades encerram na quinta-feira (15). De sexta-feira (16) a quarta-feira (21), disputam pódio os atletas das modalidades de atletismo, badminton, futsal e voleibol. O terceiro período inicia na quinta-feira (22) e segue ate domingo (25) com o basquetebol, handebol, judô e luta olímpica. Os JEJ é uma organização do Comitê Olímpico Brasileiro (COB).

ABERTURA DOS JOGOS
A cerimônia de abertura ocorreu na quadra do colégio Henrique Castriciano, onde participaram representantes das delegações de 27 estados mais a do Japão, país convidado pelo COB para participar da 13ª edição do JEJ, que nesse ano movimenta 5.038 atletas de 2.153 escolas de todo Brasil em 14 modalidades individuais e coletivas. Pela primeira vez Rondônia participa de todas.

O presidente do COB, Paulo Vanderlei, explicou o novo formato do JEJ. Os jogos a partir desse ano reúnem no mesmo período os competidores masculino e feminino das duas faixas etárias (12 a 14 anos, infantil, e 15 a 17, juvenil). O presidente destacou a grandiosidade do evento. “É a maior competição escolar do Brasil”.

O ministro dos Esportes, Leandro Cruz, reconheceu que os Jogos Escolares é a maior competição de base para o esporte de alto rendimento e defendeu que o governo federal deve incrementar os investimentos no setor. “Esta competição é um patrimônio brasileiro que merece maiores investimentos. Aqui está a nata da juventude esportiva nacional”, declarou o ministro, na cerimônia de abertura dos jogos. A pira olímpica foi acessa pela ginasta Daniele Hipólito.


Fonte
Texto: Paulo Sérgio
Fotos: Paulo Sérgio
Secom – Governo de Rondônia

Facebook Comments