criticaMesmo com as previsões meteorológicas para o período, em ritmo mais lento ao se comparar ao que ocorreu no ano passado,  o rio Madeira continue subindo. No site da ANA (Agência Nacional de Águas), a marca registrada pela régua que mede o nível está prestes a atingir os 17 metros. Nada que se compare aos 19,75 registrados na maior enchente dos últimos 100 anos em Porto Velho. Porém, a enchente na Bolívia volta com força total e as águas do rio Beni descerão via Mamoré até Porto Velho pelo Madeira, o que poderá agravar a situação da Capital.

Na área central da Porto Velho, a água do madeira chegou às ruas Euclides da Cunha, João Alfredo e Jacy Paraná, área bem próxima a avenida Rogério Weber, onde estão localizados os prédios do TRE e da Receita Federal, que ano passado foram parcialmente destruídos pela cheia.

Os comerciantes da área ficaram assustados com o inesperado volume d´água e já se preparam para o pior.

Facebook Comments